Cibercriminosos aproveitam restituição do Imposto de Renda para aplicar golpes

A partir do dia 15 de junho, começa a fase de restituição do Imposto de Renda e os contribuintes precisam ficar atentos para evitar cair em golpes. Os analistas de segurança da Kaspersky Lab afirmam que cibercriminosos estão aproveitando o momento para tentar roubar dados dos brasileiros.

Hackers estão usando e-mails falsos, se passando pela Receita Federal, para enviar informações falsas sobre números de protocolos de entrega, possíveis erros na declaração do Imposto de Renda, links de download do programa, entrega de recibos ou notificações de débitos que não existem.

O objetivo é fazer com que o internauta baixe e execute um programa cuja finalidade será instalar um trojan no computador.

Apesar de a Receita Federal informar que não envia e-mails aos contribuintes com o intuito de avisar sobre erros na declaração do Imposto de Renda, é importante que o usuário preste atenção em mensagens falsas.

A recomendação é de que o internauta sempre confira o site oficial da empresa ou instituição que está sendo citada no e-mail para confirmar se as informações estão corretas. Também não se deve clicar em links ou baixar arquivos enviados por desconhecidos.

Outra dica é não compartilhar dados confidenciais, como logins, senhas, informações de cartões bancários e dados pessoais. As empresas evitam pedir esse tipo de informação por e-mail.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ