Metade dos usuários de Windows 10 já teve problemas com o sistema, diz pesquisa

Uma pesquisa da Which, uma organização britânica de proteção ao consumidor, revelou que metade dos usuários do Windows 10 no país já teve problemas com o sistema. O estudo envolveu 1.100 pessoas, todas da região do Reino Unido, e mostrou que as reclamações mais comuns foram de falta de compatibilidade do SO com softwares (21%) e hardwares (16%).

Lentidões e até casos de falhas completas no PC também foram relatadas à organização nas entrevistas realizadas em março deste ano – ou seja, ainda antes da problemática atualização de abril. Entre as pessoas que reclamaram desses problemas mais graves, 46% tiveram que recorrer a uma assistência técnica para consertar o computador, gastando uma média de 67 libras, o equivalente a mais ou menos 331 reais na cotação atual.

No texto publicado em seu próprio site, a Which ainda explica que o fato de pessoas terem pagado por um conserto revela um problema no suporte da Microsoft. Ou seja, é possível, sim, contatar a empresa para solucionar uma eventual falha no sistema, mas nem sempre o atendente vai conseguir ajudar o usuário a recuperar o computador.

Algumas pessoas foram ressarcidas pela companhia, que garantiu, em comunicado enviado à organização, que “valoriza todos os clientes e está comprometida em assegurar uma ótima experiência com o Windows, garantindo também o suporte necessário quando requisitado”. No entanto, a Which destaca que não foi discutido nenhum tipo de compensação real para todos os clientes que precisaram tirar dinheiro do próprio bolso para resolver problemas do Windows 10 – e essa é só uma das reivindicações feitas pelo grupo de proteção ao consumidor.

A outra é uma sugestão da organização, para que a Microsoft separe os updates de segurança, sempre essenciais, daqueles mais focados em conteúdo. A ideia é que os consumidores possam optar por manter o sistema seguro sem obrigatoriamente ter que modificá-lo com atualizações que possam prejudicar o computador, como foi o caso do pacote de abril. A empresa, porém, deu apenas uma resposta padrão quando questionada pela Which sobre essa possibilidade, só incentivando os clientes a mantes o Windows 10 sempre atualizado.

O que fazer se o Windows 10 apresentar problemas?

A própria Which recomenda primeiro que o usuário consulte o suporte da Microsoft antes de tentar qualquer coisa sozinho. Se seu problema for especificamente a atualização de abril, que fez vários computadores apresentarem uma tela preta na inicialização, também explicamos aqui como retornar para ao update anterior do Windows 10 usando ferramentas do próprio sistema. Se nada mais der certo, o jeito é recorrer aos grupos de proteção ao consumidor, como o Procon.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ