Qualcomm e montadoras fazem primeira demonstração de seus carros conectados

A Qualcomm fez nesta semana, em Paris, a primeira demonstração ao vivo de sua tecnologia de comunicação para carros, o chipset 9150 C-V2X. A experiência foi feita em conjunto com as montadoras BMW, Ford e Peugeot e com o grupo de empresas 5G Automotive Association (5GAA), todas ligadas ao desenvolvimento de carros conectados.

No teste, as companhias puderam mostrar como vai funcionar a comunicação entre automóveis equipados com um chip da Qualcomm e equipamentos e pessoas em seus arredores. Os carros usados no experimento puderam identificar diversos elementos em suas voltas, avisando os motoristas sobre o tempo dos semáforos e alertando-os sobre veículos parados na pista, carros vindo no sentido contrário e até mesmo pedestres tentando atravessar.

Se você ficou na dúvida, a sigla C-V2X significa “Cellular Vehicle to Everything” ou, em tradução livre, “veículo conectado a tudo via rede móvel”. A ideia da Qualcomm com a tecnologia é aproveitar a rede celular nos carros, tornando-os mais comunicativos – ou seja, fazendo com eles troquem informações com seus arredores sem depender apenas de um GPS, por exemplo.

A expectativa da empresa e das montadoras e marcas envolvidas na demonstração é de que a tecnologia não demore muito mais para chegar. Os primeiros testes já começaram, em uma parceria firmada entre Qualcomm, Ford e Panasonic no Colorado (EUA), e espera-se que os primeiros carros conectados comecem a ser vendidos já em 2019.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ