Teste com 5G no Brasil mostra baixa latência da rede

O 5G pode ser uma realidade um pouco distante do Brasil, mas isso não impede que a tecnologia já esteja em testes por aqui. A capacidade da quinta geração das redes móveis foi demonstrada graças a um experimento realizado pela Vivo e pela Huawei no Rio de Janeiro.

O teste, bem-sucedido, consiste em apresentar uma experiência de jogo online com realidade virtual por meio de uma rede 5G operando na frequência de 3,5 GHz. O experimento neste formato é importante porque a realidade virtual depende de baixa latência para que o usuário possa se sentir verdadeiramente imerso no conteúdo. Se, ao mexer a cabeça, a imagem no visor demorar a responder, a imersão se desfaz e existe até mesmo o risco de o usuário sentir enjoos.

A questão da latência tem sido apontada como a grande vantagem do 5G em relação ao 4G, mais até mesmo do que os ganhos em velocidade. Com o atraso no tráfego de dados minimizado, abaixo dos 2 milissegundos, uma nova leva de serviços pode ser possível, como o Olhar Digital já discutiu no vídeo abaixo. O mercado de tecnologia aguarda esse salto para avançar com a Internet das Coisas e as Cidades Inteligentes, por exemplo.

O ano do 5G deve ser 2019. A partir do ano que vem, devemos começar a ver os primeiros aparelhos compatíveis com a tecnologia, assim como a proliferação das redes pelo mundo. No Brasil, isso deve demorar um pouco mais, no entanto.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ