Apple reporta queda nas vendas de iPhones após lançamento do iPhone X

O último trimestre do ano é o mais importante para a Apple, concentrando a chegada de um novo iPhone ao mercado e as festas de fim de ano que sempre alavancam as vendas. A empresa, no entanto, decepcionou nos três meses finais de 2017, com o anúncio de queda nas vendas do seu celular.

A expectativa do mercado era de que a Apple anunciasse um crescimento modesto no número de unidades vendidas, mas o que se viu foi o oposto: uma leve queda na quantidade de iPhones vendidos. De 78,3 milhões registrados no final de 2016, a empresa viu o número cair para 77,3 milhões ao fim de 2017, com uma queda de cerca de 1%.

A queda, no entanto, não vai nem de longe afetar os cofres da empresa, que viu seu faturamento com iPhones aumentar, mesmo com a redução das vendas. Isso se deve, claro, ao preço mais alto do iPhone X. O período final de 2016 viu um faturamento de US$ 54,3 bilhões apenas com a venda de celulares, enquanto o trimestre final de 2017 gerou receitas de US$ 61,58 bilhões, totalizando um aumento de 13%.

O preço médio do iPhone vendido também subiu, saltando de US$ 756 para US$ 796. É difícil precisar exatamente o que este número significa, no entanto, sem ter a informação da proporção de vendas entre iPhone X e iPhone 8 e 8 Plus, já que esses modelos também são mais caros do que eram o 7 e o 7 Plus.

Recentemente, surgiram informações de que a Apple estaria reduzindo a produção do iPhone X pela metade devido a vendas abaixo da expectativa. Tim Cook afirma o contrário, atestando que as vendas estão acima do que a Apple esperava, mesmo com a queda no número de iPhones vendidos no total. De um modo geral, no entanto, o iPhone X foi o modelo mais vendido pela Apple todas as semanas desde seu lançamento.

Ainda que os iPhones sejam um desapontamento para a empresa e seus acionistas, os resultados no geral estão longe de ser ruins. A empresa registrou as maiores receitas de sua história, com US$ 88,3 bilhões faturados em apenas três meses, com lucros na casa dos US$ 20 bilhões, o que são números simplesmente assombrosos.

Sobre os outros produtos vendidos pela empresa, os resultados são mistos. O iPad viu uma alta de 1% nas vendas, com 13,1 milhões de unidades vendidas, enquanto o Mac teve uma queda de 5% com 5,1 milhões de unidades. As áreas de serviços e outros produtos viram um bom salto de faturamento, subindo 18% e 36% respectivamente.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ