Em apenas um dia, empresa chinesa vende mais de R$ 83 bilhões

A Samsung anunciou recentemente um lucro trimestral recordista de mais de R$ 42,6 bilhões. A Apple, por sua vez, teve um lucro de cerca de R$ 35 bilhões ao longo dos últimos três meses. Por mais impressionantes que sejam, no entanto, esses valores são pequenos diante dos mais de R$ 83,2 bilhões que a empresa chinesa Alibaba arrecadou apenas no último sábado, 11 de novembro.

Isso porque sábado foi o "Dia dos Solteiros" na China. A data é um feriado de compras semelhante ao nosso Dia dos Namorados, mas com duas diferenças importantes: primeiro, a ideia é que as pessoas comprem presentes para si, em vez de para seus namorados, e por isso as lojas chinesas oferecem uma série de descontos. E segundo, porque trata-se de um dos maiores feriados de compra do mundo, deixando na poeira a Black Friday ocidental por exemplo.

Em dólares, a data arrecadou mais de US$ 25,3 bilhões. Esse valor, movimentado em apenas 24 horas, é superior ao PIB de países como Islândia, Honduras e Estônia, segundo dados do Banco Mundial referentes a 2016 - lembrando que o PIB é calculado ao longo do ano inteiro. Considerando o PIB do Brasil naquele ano, seriam necessários mais de cinco dias inteiros de trabalho de toda a população brasileira para gerar esse mesmo montante.

Cada vez maior

Tão impressionante quanto o total vendido foi o crescimento da data entre 2016 e 2017. Segundo a CNET, a Alibaba comunicou à imprensa um crescimento de mais de 39% no volume de vendas com relação ao ano passado. As vendas foram geradas por 1,48 bilhões de clientes diferentes do mundo todo. Só nas primeiras duas horas da data, foram movimentados mais de US$ 12 bilhões (R$ 39,4 bilhões). Ao longo das outras 22 horas do dia, no entanto, esse valor inicial mais que dobrou. 

Compreensivelmente, o CEO da Alibaba, Daniel Zhang, disse que tem esperança de levar a data de compras para o ocidente. Caso isso se concretize, é possível que os números já estarrecedores gerados pela data aumentem de maneira ainda mais expressiva.

Problema

Nem todo mundo comemorou o sucesso comercial da data, no entanto. O Greenpeace, por exemplo, divulgou recentemente dados que mostram que "o Dia dos Solteiros é uma catástrofe para o meio ambiente". De acordo com a instituição, as vendas de roupas geradas pela data comemorativa em 2016 implicaram a emissão de 258 mil toneladas de gás carbônico (CO2), um dos principais responsáveis pelo aquecimento global.

São necessárias aproximadamente 2,58 milhões de árvores para absorver todo o gás carbônico emitido nesse único dia, segundo o Greenpeace. O gasto de materiais também é um problema: menos de 10% do papel, do papelão e do plástico usado nas embalagens de entrega têm origem reciclável, de acordo com a organização. Por esse motivo, eles concluem que "moda descartável não é um modelo sustentável par ao futuro". E esses números referem-se apenas às vendas de roupas: o total de gás carbônico emitido por causa da data provavelmente é muito maior.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ