Mercedes-benz EQS

Mercedes-Benz e Nvidia trabalham em sistema para veículos autônomos

Victor Pinheiro, editado por Daniel Junqueira 23/06/2020 17h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Software vai oferecer automação de níveis dois e três, além de suporte para atualizações remotas

A Nvidia e a Mercedes-Benz anunciaram uma parceria para desenvolver um novo sistema "revolucionário" de computação para veículos autônomos. A ideia, segundo as empresas, é oferecer a tecnologia para montadoras de carros de luxo a partir de 2024.


Em comunicado à imprensa, a Nvidia afirma que o software deve contemplar os níveis dois e três de automação de veículos. Os parâmetros referem-se às seis categorias - de níveis 0 a 5 - determinadas pela Sociedade dos Engenheiros Automotivos (SEA) para classificar a independência de modelos em relação à interferência humana.

O nível dois inclui sistemas capazes de controlar a direção, frenagem e aceleração dos automóveis. Os motorista, no entanto, são obrigados a manter as mãos no volante ou o olhar em direção à pista para que possam exercer o controle do carro a qualquer momento. É o exemplo do Autopilot da Tesla e do Super Cruise, da General Motors.

Já no nível três, o motorista pode se concentrar em outras atividades. Os veículos são capazes de exercer ações a partir da análise do ambiente externo, como fazer ultrapassagens de outros carros mais lentos na via. Ainda assim, o sistema solicita a interferência do motorista após um período determinado.

Reprodução

O Super Cruise da GM é capaz de trocar de faixa automaticamente. O recurso não exige que o usuário mantenha as mãos no volante. Entretanto, o motorista é obrigado a observar o que está acontecendo à sua frente. Imagem: Reprodução 

O novo sistema de computação também deve trazer um assistente de estacionamento de nível quatro. Ou seja, o motorista não precisará interferir ou monitorar o carro durante a manobra. Segundo o comunicado da Nvidia, o software será baseado na plataforma DRIVE da empresa e vai oferecer opções para "automatizar a realização de rotas regulares de endereço para endereço.".

Além disso, o produto oferecerá suporte para atualizações remotas, de modo que consumidores poderão contratar recursos de segurança e conveniência adicionais por meio de aplicativos de software e serviços de assinatura. Como lembra o Engadget, trata-se de um método semelhante ao usado pela Tesla para vender aprimoramentos do Autopilot.

"Todo futuro da MercedesBenz com o sistema NvidiaDRIVE terá uma equipe de engenheiros de softwares especializados em IA [Inteligência Artificial] desenvolvendo, refinando e aprimorando continuamente o veículo ao longo de sua vida útil", afirmou Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia.

Fonte: Engadget

NVidia carros autônomos carros e tecnologia Mercedes-Benz carros
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você