Piloto automático da Tesla evita colisão nos EUA; veja o vídeo

Sistema reage a um veículo na faixa ao lado antes mesmo que o motorista humano consiga perceber o que está acontecendo

Rafael Rigues, editado por Matheus Luque 10/02/2020 09h02
Tesla Model 3
A A A

Uma das características mais conhecidas dos veículos da Tesla é o Autopilot (piloto automático). Embora não seja um sistema de direção completamente autônoma, como o nome sugere, ele pode manter o veículo em uma faixa, calcular e manter uma distância segura em relação aos outros carros, fazer ultrapassagens e muito mais.


Não são raros os exemplos do Autopilot intervindo para evitar uma colisão, seja freando momentos antes de outro veículo cruzar à frente do carro ou desviando de um obstáculo na pista, como uma pessoa.

No caso mais recente, um Tesla Model X em Autopilot desviou “no último segundo” para evitar uma colisão com um Toyota que saiu da faixa. Veja abaixo:

Aparentemente o motorista do Toyota, atrás do Tesla, não conseguiu manter o veículo centrado na faixa durante uma curva. Percebendo o perigo, o Autopilot joga o Model X para a direita, a tempo de evitar a colisão, e depois que o perigo passa reassume a posição no centro da faixa. Tudo isso antes mesmo que o motorista humano consiga entender o que está acontecendo.

O Autopilot evoluiu recentemente para o Smart Summon, que permite que o motorista “chame” um carro estacionado até o local onde está. Algo muito útil, por exemplo, para quem está carregando compras ou estacionou ao ar livre em um dia de chuva. Musk espera que os Tesla possam ser considerados completamente autônomos (FSD - Full Self Driving) ainda em 2020.

Fonte: Inside EVs

Carro elétrico Tesla carros autônomos Carro elétrico autopilot veículo autônomo direção autônoma carro autônomo
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você