Polestar 2 terá novo piloto automático e proteção para bateria

O carro elétrico da subsidiária da Volvo é o primeiro a utilizar o sistema de assistência de direção que no futuro será implementado em todos os veículos da montadora

Renato Mota 28/04/2020 19h04
Polestar 2
A A A

O hype para o lançamento do Polestar 2, primeiro elétrico com Android Automotive, está crescendo na medida em que a subsidiária da Volvo divulga mais informações sobre o modelo. Na semana passada, foi revelado seu preço nos Estados Unidos - US$ 59 mil – e agora a montadora revelou mais detalhes sobre seus sistemas de segurança.


O veículo totalmente elétrico será o primeiro a utilizar tecnologia Advanced Driver Assistance System (ADAS), um piloto automático que também será lançado em outros produtos da Volvo. O sistema fornece assistência em aceleração, frenagem e direção até uma velocidade de 130 km/h.

Sistemas de detecção de objetos à frente, atrás e nos pontos cegos do carro serão acoplados à assistência de direção e à frenagem autônoma de emergência. Em baixas velocidades, o Polestar 2 ainda utilizará outro sistema, o Acoustic Vehicle Alert System (Sistema de Alerta Acústico de Veículos, ou AVAS) com uma série de alto-falantes que informam pedestres e outros carros que o veículo está em movimento – um problema quando se pensa nos silenciosos motores dos carros elétricos.

"Nós deliberadamente não queríamos que o Polestar 2 soasse como um robô ou nave espacial", explica o CEO da Polestar, Thomas Ingenlath. "Queríamos sons sutis e naturais que simplesmente informam aos pedestres que o carro está se movendo. Ao mesmo tempo, queríamos que o Polestar 2 soasse único", completa.

Proteger a bateria em caso de colisão é crucial em veículos elétricos. Em uma colisão frontal, ela pode ser lançada do carro e se tornar letal se acertar alguma pessoa no caminho. A bateria do Polestar 2 será alojada em um gabinete de alumínio rígido na estrutura do piso do veículo. A empresa diz que esse design reduz o risco de danos, endurece o chassi do carro e mantém a bateria intacta em caso de colisão.

Se for detectado um acidente, a bateria será desconectada automaticamente do resto do carro, o que deve ajudar a evitar riscos elétricos. Na ausência de um motor de combustão, um sistema de proteção frontal que protege os ocupantes do carro e a bateria de impactos frontais mais diretos, por exemplo, com um poste.

Via: Endgadget

Carro elétrico Polestar Volvo veículo elétrico
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você