Apple

Sistema de carro autônomo da Apple pode usar comandos de voz e gestos

Vinicius Szafran, editado por Liliane Nakagawa 28/01/2020 17h01
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pedido de patente mostra como a empresa imagina a interação entre as pessoas e seu software

A maneira de lidar com os futuros carros autônomos, ao menos para a Apple, pode ser muito semelhante a operar um sistema iOS, com comandos de voz, gestos e toque à disposição do usuário.


É a visão geral obtida após a leitura de um pedido de patente feito pela marca em agosto de 2019 e publicado na semana passada para um sistema de orientação por gestos e por voz para carros autônomos. 

O CEO da empresa, Tim Cook, disse em 2017 que a Apple estava trabalhando em um sistema de carro autônomo, e não em um carro propriamente dito, como havia sido divulgado anteriormente. Em sua essência, o sistema descrito no pedido de patente oferece três maneiras de os passageiros fornecerem instruções e informações para os veículos, e muitos dos comandos descritos são incrivelmente semelhantes aos comandos que estamos acostumados hoje em dia.

Comando de voz

De acordo com o pedido de patente, um usuário autorizado poderia simplesmente dizer algo como "eu gostaria de um café". A partir daí, o veículo autônomo tem a liberdade de levar o passageiro para o café mais próximo, ou talvez o mais bem classificado. Para momentos em que se deseja algo mais específico, será tão simples quanto dizer "vamos ao meu café favorito na Avenida Paulista".

Reprodução

Comandos de voz diferentes podem criar viagens diferentes, mas o usuário é quem dá a palavra final sobre quanta liberdade o carro autônomo terá.

Controle de gestos

O recurso é um conceito interessante mencionado na patente e que também envolvem um smartphone. Aqui, o usuário poderia dizer algo como "estacionar por lá" e apontar o celular para um local próximo à rua da frente de um prédio. O computador analisaria a situação e talvez acompanharia e garantiria que o usuário quisesse dizer aquela área específica, e não outro lugar próximo. É algo que parece precisar de muitos ajustes para ser preciso o suficiente.

Dentro do carro, há uma tela sensível ao toque, provavelmente com interface familiar aos dispositivos da Apple. A patente a descreve com toque básico junto a recursos preditivos para informar ao veículo o local pretendido pelo passageiro, com direito a uma área específica para descrição de destino e outra para especificar onde estacionar. A Apple também menciona um joystick digital para mover o carro manualmente e guiá-lo em direção a uma vaga, se necessário.

Entretanto, trata-se de um pedido de patente, ou seja, não se trata de evidências concretas, embora possam nos dizer o que uma empresa está planejando.

Via: Roadshow

Apple carros autônomos carros e tecnologia veículo autônomo carros
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você