Exoplaneta tem chuva de ferro

Cientistas encontram exoplaneta 'brutal' onde chove ferro líquido

Nina Gattis, editado por Fabiana Rolfini 11/03/2020 16h27
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Rotação sincronizada e altas temperaturas possibilitaram o fenômeno

Cientistas da Universidade de Genebra, na Suíça, descobriram um exoplaneta que tem a superfície tão extrema a ponto de criar, ciclicamente, chuvas de ferro líquido. "Pode-se dizer que esse planeta fica chuvoso à noite, mas o que chove é ferro", contou David Ehrenreich, especialista em exoplanetas e líder da pesquisa.


Batizado de WASP-76b, o planeta descrito como "extremamente brutal" foi encontrado por meio do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), a 640 anos-luz de distância da constelação de Peixes.

De acordo com os pesquisadores, o WASP-76b possui rotação sincronizada - ou seja, uma face do exoplaneta está sempre virada para a estrela que orbita, enquanto o outro lado se mantém em uma noite eterna.

Dessa forma, o lado iluminado atinge temperaturas altas o suficiente para fazer com que o ferro presente na superfície evapore e os ventos da atmosfera levem o metal para o lado escuro, onde o ferro condensa e cai do céu como uma chuva metálica.

Para saber de tantos detalhes sobre o recém-descoberto planeta, a equipe de cientistas utilizou uma ferramenta chamada ESPRESSO, originalmente destinada a identificar exoplanetas, mas muito eficaz em aprender sobre esses corpos celestes distantes. "O que temos agora é uma maneira totalmente nova de rastrear o clima dos exoplanetas mais extremos", disse Ehrenreich.

 

Via: Futurism

Exoplanetas Planetas observatório Ciência&Espaço
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você