nanosatélite

NASA lança nanosatélite para estudar a vida no espaço

Redação Olhar Digital 22/11/2010 15h23
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O pequeno satélite de 5,5 kg vai ajudar os cientistas a obter informações sobre a origem, evolução e distribuição da vida no universo

Semana passada um pequeno satélite 5,5 kg foi lançado na órbita baixa da Terra a bordo de um foguete da Força Aérea Americana. Sua missão é estudar a origem, evolução e distribuição da vida no universo.

Chamado de O/Oreos, o nanosatélite foi desenvolvido pela NASA e é a primeira nave espacial deste tamanho a transportar dois experimentos científicos independentes. "Com o O/Oreos podemos analisar a estabilidade dos compostos orgânicos no ambiente espacial em tempo real", diz Pascale Ehrenfreund, cientista do projeto. 

Os pesquisadores poderão fazer contato com o nanosatélite 12 horas e 30 minutos após atingir a órbita baixa da Terra. A missão vai durar seis meses e durante este período o satélite vai realizar experiências de forma autônoma, além de receber comando a partir de uma estação na Califórnia.

O O/Oreos fará dois experimentos: um irá caracterizar a atividade de saúde dos microorganismos em um ambiente espacial, e o outro irá monitorar a estabilidade e mudanças de diferentes moléculas orgânicas quando expostas a condições espaciais. "Nanosatélites são uma forma inovadora de ampliar e melhorar as oportunidades dos cientistas de conduzir pesquisas na órbita baixa da Terra", diz Ehrenfreund.

No ano passado a agência lançou a PharmSat para testar drogas antifúngicas em órbita, e em 2006, enviaram a GeneSat para testar como a bactéria E. Coli se comporta no espaço.

Nanotecnologia Nasa Satélites
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você