lua

Perdeu a superlua de ontem? Você tem mais duas chances esta semana

Rafael Rigues, editado por Cesar Schaeffer 10/03/2020 15h03
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Lua cheia nos dias 10 e 11 de março também pode ser considerada 'superlua', de acordo com o criador do termo; e estará ainda mais próxima da Terra

Se por algum motivo você não conseguiu ver a superlua de ontem (09), não se preocupe: você tem mais duas chances nesta semana: hoje (10) e amanhã (11).


Segundo o astrólogo Richard Nolle, que cunhou o termo em 1979, uma “superlua” é qualquer lua cheia que ocorre enquanto a Lua está a 90% ou mais de sua maior aproximação da Terra, o chamado Perigeu.

Neste ano a maior aproximação será em 8 de abril, a 356.907 km de distância. Portanto, segundo a definição acima, qualquer Lua cheia a uma distância menor do que 361.885 km pode ser considerada uma superlua.

Ontem (9) a Lua estava a 358.413 km da Terra. Hoje (10) estará ainda mais perto, a 357.133 km. A partir de então ela começa a se distanciar: no dia 11 estará a 357.969 km, mas ainda dentro da “zona” para uma superlua.

O melhor horário para observar o fenômeno é entre as 19:00 e 19:30, quando a Lua está surgindo horizonte a leste e prédios ao fundo nos dão uma maior referência de seu tamanho.

Quem tiver binóculos ou telescópio pode usá-los para ver a lua ainda mais de pertinho. E se você quiser fotografar a superlua, siga nossas dicas para tirar a melhor foto possível com a câmera de seu celular. Se possível, use um celular com zoom óptico, como o Huawei P30 ou P30 Pro, Motorola One Zoom, iPhone 11 Pro ou 11 Pro Max e Galaxy S20 ou S20 Ultra. Entretanto, uma câmera dedicada, de preferência com zoom óptico, é a opção mais recomendada.

Astronomia espaço Lua Ciência&Espaço superlua
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você