Startup oferece viagens de balão para a 'beira do espaço'

Até oito pessoas poderão embarcar na cápsula pressurizada (com banheiro, bar e wi-fi) que os levará para 30 km de altura - o suficiente para ter uma bela vista, que inclui a curvatura da Terra

Renato Mota 18/06/2020 16h06
Space Perspective
A A A

O setor de turismo espacial ganhou um novo player: a startup Space Perspective irá oferecer viagens de seis horas aos limites da atmosfera terrestre, no conforto de um balão de alta altitude, ao preço de US$ 125 mil por pessoa.

A empresa utilizará suas cápsulas pressurizadas, chamadas Spaceship Neptune, para levar até oito passageiros a uma altura de 30,48 quilômetros (100.000 pés). A viagem, tecnicamente, não é até o espaço – o limite, convencionalmente, é 100 km de altura - mas a Space Perspective garante uma vista fantástica para seus "exploradores", incluindo a curvatura da Terra.

Space Perspective/Divulgação

Space Perspective/Divulgação

"Dizemos que estamos indo para a 'beira do espaço', mas a experiência é realmente o que o astronauta [e consultor da empresa] Jeff Hoffman chama de 'experiência autêntica'", afirma o CEO da Space Perspective, Taber McCallum, em entrevista ao site The Verge. "Porque, para ele, ver a Terra do espaço - com tempo e silêncio, relaxado e realmente capaz de contemplar vista - é o que ele chama de 'experiência autêntica' e é nisso que realmente estamos nos concentrando", completa.

Além de piloto e passageiros, a Spaceship Neptune poderá levar em sua carga pesquisas científicas, que farão o percurso de duas horas de subida em um balão de hidrogênio (a 20 km/h) e outras duas de descida. Quando o balão cai, um navio recupera os passageiros e a cápsula e os leva de volta para o ponto de partida, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. A cápsula conta ainda com um bar, um banheiro e conexão wi-fi para você postar tudo nas redes sociais. 

Space Perspective/Divulgação

Space Perspective/Divulgação

Os criadores da startup, Jane Poynter e Taber McCallum, possuem experiência no ramo. Eles fundaram também a World View, uma empresa de balões estratosférica cuja missão principal é transportar cargas úteis, incluindo comunicações e equipamento de observação. A Space Perspective é uma empresa completamente separada, e espera expandir para o Alasca, Havaí e outros países.

Os testes de lançamento da Neptune estão programados para o próximo ano, mas sem pessoas a bordo. Concorrentes, como a Blue Origin e a Virgin Galactic, prometem com foguetes levar turistas muito mais alto – os tais 80 km ou 100 km que de fato constituem o espaço – mas ainda estão longe das primeiras viagens.

Via: The Verge/Techcrunch

espaço Blue Origin virgin galactic balão Ciência&Espaço turismo espacial
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você