Compartilhe com seus seguidores
A A A

Missão europeia para Marte pode ficar para 2022

Roseli Andrion 04/03/2020 20h12

A segunda parte da missão ExoMars pretende enviar a sonda Rosalind Franklin a Marte para iniciar a colonização do planeta e investigar possíveis sinais de vida extraterrestres. O projeto é uma cooperação entre a Agência Espacial Europeia, a ESA, e a agência russa, a Roscosmos.

O lançamento estava previsto para 2018, mas a operação foi adiada várias vezes por problemas técnicos. Agora está marcada para julho de 2020. Uma reportagem do site americano Space indica que um novo atraso pode fazer que a sonda seja enviada ao espaço somente em 2022.

Atualmente, o principal gargalo da ExoMars são os paraquedas de aterrissagem. Em testes conduzidos pela ESA no ano passado os equipamentos não resistiram à simulação de um pouso em velocidade supersônica. Novos testes apresentaram resultados promissores, mas a prova final será realizada no fim deste mês. Se o sistema de paraquedas falhar novamente, pode levar até dois anos e meio para que a ESA marque um novo lançamento.

Marte Ciência espaço
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você