Startups promissoras
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Como a tecnologia impulsiona os novos empreendedores

Fernando Montanari 21/12/2018 09h00

A transformação digital tem permitido a criação de fintechs e startups que auxiliam os pequenos empreendedores no seu dia a dia.

O Brasil tem alcançado recorde no número de novos empreendedores e criação de novas empresas. Estima-se que existam hoje mais de 8 milhões de MEIs em atuação no país que enfrentam grandes desafios como burocracia, impostos, altas taxas de juros e tarifas bancárias.

Segundo um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de cada 100 empresas abertas no Brasil, 48 encerram suas atividades em até três anos. Este alto índice de mortalidade preocupa os empreendedores que buscam alternativas para ajudar no gerenciamento do seu negócio e encontram na tecnologia uma grande aliada.

A transformação digital tem permitido a criação de fintechs e startups que auxiliam os pequenos empreendedores no seu dia a dia. Existem empresas que fazem toda a gestão contábil de forma digital e com custos extremamente acessíveis.

As plataformas digitais também chegaram ao crédito e abrem um leque de opções para essas empresas, que conseguem acessar mais facilmente empréstimos para capital de giro ou para investimentos no crescimento do negócio.

A tecnologia permite também que o empreendedor tenha uma conta digital adequada às suas necessidades, totalmente online e simples de administrar. As contas digitais também oferecem baixo custo, muitas sem a cobrança do pacote de tarifas ou anuidade. Com isso, o valor gasto com tarifas é eliminado e as empresas podem investir esse dinheiro em outras frentes do negócio.

Apesar de as contas digitais serem uma alternativa vantajosa, muitas empresas ainda não utilizam essa opção. Algumas nem mesmo possuem uma conta pessoa jurídica tradicional. De acordo com o Banco Central, apesar do grande número de microempreendedores individuais no Brasil, apenas 19% possuem uma conta bancária como pessoa jurídica e só 8% possuem operações de crédito.

Trata-se de um número grande de empreendedores que não fazem a gestão adequada do seu negócio. Uma das principais recomendações dos especialistas é manter as finanças pessoais e as da empresa separadas, com contas bancárias independentes.

A tecnologia se bem utilizada, pode impulsionar os pequenos empreendedores. Ela está disponível para desburocratizar a gestão das pequenas empresas e ajudar o empreendedor a fazer o que é realmente é importante: focar no seu negócio.

inovação startups
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você