5 sites para visualizar dados em tempo real sobre o novo coronavírus

Informações variam de infectados totais no mundo inteiro até número pacientes em estado grave em cada país

Victor Pinheiro, editado por Liliane Nakagawa 23/03/2020 21h35
Johns Hopkins
A A A

A pandemia do novo coronavírus já infectou mais de 330 mil pacientes e provocou a morte de mais de 14 mil em 189 países. Essas informações foram retiradas de uma plataforma de visualização em tempo real da Organização Mundial da Saúde.


A ferramenta reúne dados de relatórios de órgãos oficiais dos países e regiões afetados pela doença e serve como uma fonte de informação acessível para a população, especialistas, autoridades de saúde e jornalistas. Assim como outros sites da categoria, ela oferece subsídios tanto para cientistas estudarem curvas de contágio, quanto para cidadãos se informarem sobre a situação de seu próprio país ou de uma nação vizinha.

Uma reportagem da BBC News Brasil separou cinco exemplos de plataformas que disponibilizam o acompanhamento de dados da pandemia do coronavírus.

É importante ressaltar, no entanto, que todas elas enfrentam limitações. Em primeiro lugar, os sites podem apresentar informações diferentes, uma vez que são alimentados com bases de dados distintas. Além disso, não se recomenda usá-los para comparar o avanço da doença entre países, já que os países adotam diferentes políticas de certificação.

Universidade de Johns Hopkins

A ferramenta da instituição de ensino americana apresenta um mapa com os casos registrados, óbitos e números de infectados. As informações podem ser filtradas por país ou território. No caso dos Estados Unidos, há também a opção de segmentar por estados.

Além disso, ainda é possível acompanhar a curva de contágio da pandemia e a relação de infectados por dia no somatório mundial. 

Reprodução

 

Organização Mundial da Saúde

A ferramenta da OMS é bem semelhante a anterior. Informa número de infectados, mortos e localidades afetadas. Se por um lado não apresenta a quantidade de pacientes recuperados, de outro permite visualizar a curva de contágio de cada país ou território. A atualização dos dados, no entanto, tende a ser mais lenta que a plataforma da Johns Hapkins.

Reprodução

 

Universidade de Washington

O diferencial desta plataforma é um mapa de calor que classifica os níveis de infecção nos últimos 20 dias. É possível visualizar não só curvas de contágio, mas também de óbitos e pacientes recuperados. Trata-se de uma plataforma ideal para estudar cada país caso a caso.Reprodução

Worldometer

O site da Worldometer se destaca pelo volume de informações. A plataforma indica o número de “novas mortes” - desde a última atualização diária; a quantidade de pacientes de situação grave; o total de casos por milhão de habitantes; e ainda separa o número de infectados em pacientes ativos e pacientes já recuperados.

Reprodução

Nextstrain

Nextstrain apresenta o mapeamento genético do vírus de acordo com análises ao redor do mundo. A plataforma é alimentada pela comunidade científica e visa ajudar na identificação de padrões de disseminação da doença.

Reprodução


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Dados coronavirus covid19 pandemia
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você