China Coronavírus

Covid-19: alunos na China tentam derrubar app de aprendizado remoto

Vinicius Szafran, editado por Fabiana Rolfini 09/03/2020 16h22
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Estudantes fizeram críticas negativas ao aplicativo, para que ele fosse retirado da App Store

Na Ásia, a educação das crianças é levada muito a sério. Por isso, quando a epidemia de Covid-19 começou e as escolas foram fechadas, muitos pais tiveram que improvisar para não deixarem seus filhos sem estudos. Uma solução foi usar um aplicativo corporativo do Alibaba chamado DingTalk para assistir às aulas remotamente. Porém, circulava um boato de que aplicativos com classificações de uma estrela ou menos seriam retirados da App Store. E as crianças descobriram.


Foi então que os alunos da província chinesa de Wuhan, epicentro da doença, passaram a bombardear o DingTalk com avaliações negativas. Apesar de seus novos recursos educacionais, a nota do aplicativo despencou. A queda foi tão grande que agora o app luta por sua vida.

O DingTalk publicou um vídeo de desculpas no site de streaming chinês Bilibili. O vídeo mostra desenhos animados e memes cantando uma melodia animada com letras implorando por melhores críticas, como "Por favor, não me dê mais classificações de uma estrela. Fui escolhido para este trabalho e não há muito o que possa fazer sobre isso" e "Eu sei, pessoal, vocês não esperavam um feriado tão produtivo". O vídeo já tem quase 20 milhões de visualizações.

 

 

Mesmo assim, o CEO do DingTalk, Chen Hang, não se incomodou com a situação. "É da natureza das crianças amar brincar. Se eu estivesse no lugar deles e tivesse que ter aulas online todos os dias, provavelmente daria uma revisão de uma estrela também", brincou ele.

Má reputação

Em contrapartida, usuários mais velhos passaram a dar avaliações positivas ao app, para impedir seu fim. Apesar do ataque, o DingTalk segue nas lojas de aplicativos (mas com baixa avaliação). Curiosamente, a versão corporativa do app é quase tão criticada quanto a educacional. Ele já tinha uma má reputação por ajudar empresas a gerenciar e explorar seus funcionários.

A discussão sobre o fechamento de escolas também chegou aos EUA. Algumas faculdades, como as de Stanford e Princeton, já cancelaram aulas presenciais, enquanto colégios de ensino médio só fecharam em áreas com casos confirmados. O Distrito Escolar Unificado de Elk Grove, em Sacramento, será fechado por ao menos uma semana após um parente de aluno testar positivo para o novo coronavírus

Via: The Verge


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



China estudo app store escola coronavirus wuhan covid19
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você