Dicas e Tutoriais

Fedora

Fedora 31: quais são as novidades da distribuição e como instalá-la

Alvaro Scola 30/10/2019 14h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nova versão da famosa distribuição Fedora traz muitas melhorias para o sistema. Saiba quais são esses recursos e como fazer sua instalação!

Para atender diferentes necessidades e tipos de usuários, o Linux conta com uma vasta lista de distribuições, que possuem as suas próprias características, pacotes, comandos e outros elementos. Por sua vez, uma distribuição que faz bastante sucesso é a Fedora, que tem como base o Red Hat.


Nesta semana, a versão do Fedora Workstation, destinada para PCs domésticos, acaba de chegar a sua versão 31 e traz algumas novidades importantes para o sistema, que devem facilitar a vida de muitas pessoas. A seguir, confira quais são as principais novidades do Fedora Workstation 31.

Dica

Antes de prosseguir para as novidades da distribuição Fedora 31, vale lembrar que ele pode ser rodado a partir de um pendrive sem precisar ser instalado, sendo ideal para fazer testes. Para isso, você precisará de algum programa como o Rufus no Windows ou o Etcher.

Reprodução

Após ter colocado a imagem do Linux no pendrive, você precisará fazer o computador dar a prioridade de boot para ele. Geralmente, isso pode ser feito na BIOS da placa-mãe ou apertar o botão F2/F11 após ligar o PC.

Onde baixar o Fedora

O Fedora pode ser baixado em seu site oficial de forma gratuita através desse link para a versão do Fedora Workstation 31.

As novidades do Fedora 31

Para essa última versão do Fedora, os seus desenvolvedores trouxeram recursos novos para diferentes partes do sistema, que dizem respeito tanto a sua parte estética, quanto a sua segurança.

Trocar de papel de parede ficou mais fácil

Para a parte mais visual, além de contar com novos papéis de parede para a sua área de trabalho, o Fedora facilitou a aplicação deles. Com um simples clique do botão direito do mouse, você já tem acesso ao menu e pode até mesmo definir um papel de parede para a sua tela de bloqueio junto com a área de trabalho.

Reprodução

Agrupar aplicativos em pastas

Outra novidade do Fedora é que agora existe uma forma de agrupar aplicativos em pastas de forma similar com o que fazemos no Android ou iPhone. Por exemplo, basta você arrastar um ícone de um programa para cima de outro na interface principal do Gnome e uma pasta será criada para eles, o que lhe deixar organizar a sua lista de aplicativos com mais facilidade.

Reprodução

No exemplo acima, foi arrastado o ícone do LibreOffice para criar uma pasta apenas com os programas que compõe a sua suíte. Assim, o resultado dessa operação pode ser visto na imagem abaixo.

Reprodução

Suporte ao 32-bit foi diminuído

Ao fazer o download do novo Fedora, você deverá notar que só existe uma imagem disponível, sendo que essa conta com o suporte a plataformas 64-bit. Assim como outras distribuições estão fazendo, o Fedora está diminuindo o suporte a alguns pacotes 32 bits, mas programas famosos que fazem o uso deles como a Steam e o Wine continuarão funcionando.

Disponível em diferentes ambientes gráficos

Como você deve ter notado pela página em que faz o download e até pelas novidades, por padrão, o Fedora vem com o ambiente gráfico do Gnome instalado, mas isso não quer dizer que ele não tenha outros ambientes gráficos disponíveis. O Fedora 31, por sua vez, pode ser baixado em diferentes versões, que podem vir com o KDE Plasma, XFCE, LXQT,MATE-COMPIZ, Cinnamon, LXDE e SOAS.

Reprodução

Caso o seu interesse esteja em uma dessas versões, basta acessar esse link do Fedora Spins.

Mudanças para deixar o sistema mais seguro

Além das novidades descritas acima vistas mais em sua interface, é claro, o Fedora também aprimorou a segurança para essa nova versão e atualizou algumas partes do sistema. Por exemplo, o login de root agora está desabilitado no SSH para evitar problemas.

O Python 2, por sua vez, teve o seu pacote removido e agora, o Fedora passa a tratar os pacotes do Python 3 apenas como Python. A lista completa de mudanças do Fedora 31 para esse quesito pode ser conferida em seu Changelog oficial.

Como instalar o Fedora 31

A instalação do Fedora 31 é feita de forma gráfica, assim como acontece em outras distribuições Linux como o Ubuntu, entretanto, ela possui alguns detalhes. Veja como é feita uma instalação limpa do Fedora 31:

  1. Na tela principal do Fedora, clique em “Atividades” e, então, no ícone do Fedora conforme mostra a imagem abaixo;

    Reprodução
  2. Selecione o idioma desejada para instalar o sistema e clique em “Continuar”;

    Reprodução
  3. Na próxima tela, verifique se as configurações do seu teclado e hora estão certas. Então, clique em “Installation Destination”;

    Reprodução
  4. Na nova tela, selecione o HD ou SSD em que o Fedora deverá ser instalado e clique em “Pronto”. Caso você tenha mais de uma partição, essa tela também irá apresentá-las. Aqui, também é possível deixar os seus arquivos criptografados e fazer o redimensionamento do espaço para o HD. Para o tutorial, a instalação foi feita em uma máquina virtual com apenas um HD virtual;

    Reprodução
  5. De volta a tela anterior, clique em “Iniciar instalação”;

    Reprodução
  6. Aguarde que o software seja instalado para poder prosseguir com a configuração do Fedora;
  7. Clique em “Finish Installation e reinicie o computador. Nesse momento, lembre-se de alterar a ordem de boot para dar prioridade ao HD onde o Fedora foi instalado.

    Reprodução

Após a primeira inicialização, você poderá definir algumas configurações extras como fazer a criação de um usuário, definir a sua senha e integrar ou não contas de alguns serviços.

Reprodução

Pronto! Agora, você já pode usar o Fedora instalado em seu computador e aproveitar todas as suas novidades.


Linux Fedora Dicas Dicas&Tutoriais
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você