Ataques hackers contribuíram para o resultado da Symantec

Stephanie Kohn 31/07/2013 12h30
Symantec
A A A

A Symantec, fabricante do antivírus Norton, revelou seus resultados do segundo trimestre do ano, que foram melhores do que previam analistas.

O aumento de ataques hackers fez com que a companhia vendesse mais produtos de segurança e armazenagem de dados.

Com isso, a receita da empresa subiu 2%, para US$ 1,71 bilhão, na comparação anual, e os movimentos financeiros gerais chegaram a US$ 67,2 bilhões, alta de 8,7%.

O lucro por ação ficou estável em US$ 0,22, mas, os papeis da companhia subiram 4,7%, alcançando US$ 25,5 no pós-pregão desta terça-feira, 30.

"As ameaças estão explodindo e há novos lugares em que os hackers podem fazer o mal. Isso tem ampliado os gastos com segurança", disse o presidente-executivo da Symantec, Steve Bennett, em entrevista à Reuters.

Ataques

Na semana passada, o site da Apple para desenvolvedores foi invadido, mas as informações pessoais dos usuários foram preservadas graças à criptografia. Para garantir a segurança dos desenvolvedores, a companhia promete revisar sistemas, atualizar os softwares de proteção e refazer inteiramente a base de dados.  

Alguns dias antes, a Konami também sofreu ataques e deixou dados dos usuários vazarem. As ofensas aconteceram durante o período de 13 de junho e 7 de julho. Informações como nomes, endereços, datas de nascimento e números telefônicos podem ter sido expostos aos invasores. 

Segurança resultado symantec Norton
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você