Cybercriminosos vendem dados pessoais por R$ 1,75

Symantec recomenda aos internautas que nunca cliquem em links enviados supostamente pelo banco, instituição financeira ou outras empresas

Redação Olhar Digital 06/05/2010 16h42
segurança
A A A
Suas senhas bancárias, números de cartão de crédito e senhas de contas on-line são informações muito valiosas para você, mas saiba que isso pode ser vendido a preço de banana pelos criminosos virtuais. De acordo com um levantamento feito pela empresa de segurança Symantec, crackers vendem esses dados extraidos de contas de e-mais comprometidas por irrisórios R$ 1,75.

"Assustadoramente, scammers poderiam ter acesso a todas as suas senhas por um valor menor que um chocolate", diz Fabiano Tricarico, gerente nacional de vendas da Symantec no Brasil.

A Symantec recomenda aos internautas que nunca cliquem em links supostamente enviados pelo banco, instituição financeira ou outras empresas, que consultem os extratos bancários regularmente e não ignorarem qualquer movimentação estranha, mesmo que seja pequena. Isso porque os criminosos tendem a retirar pequenas quantias de sua conta bancária durante um longo período de tempo, na esperança de que o golpe passe despercebido.
Segurança
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você