Hacker Attack

Ucrânia detém hacker que tentou vender 773 milhões de endereços de e-mail

Fabiana Rolfini 20/05/2020 11h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Em uma invasão na residência de Sanix, a polícia confiscou equipamentos com dois terabytes de informações roubadas

O Serviço de Segurança da Ucrânia (SSU) anunciou na terça-feira (19) que deteve o hacker conhecido como Sanix, que causou alvoroço em 2019 por tentar vender um banco de dados com 773 milhões de endereços de e-mail e 21 milhões de senhas exclusivas. 


Em uma invasão na residência do hacker, a polícia confiscou equipamentos com dois terabytes de informações roubadas. Segundo as autoridades, ele teria sete bancos de dados semelhantes, que continham dados pessoais e financeiros de residentes na União Europeia e na América do Norte.

Os dados incluíam senhas de e-mail, códigos PIN de cartões bancários, carteiras eletrônicas de criptomoedas, contas do PayPal e informações sobre computadores invadidos por botnets e ataques DDoS. 

Reprodução

Foto: Reprodução

Muitas das informações coletadas tinham anos e constituíam uma compilação de credenciais comprometidas, roubadas principalmente em violações públicas. Mas até este mês, Sanix supostamente vendia acesso à universidades e uma conta VPN comprometida para o governo de San Bernardino, na Califórnia.

Este é mais um dos inúmeros casos de ataques hackers que acontecem pelo mundo. Também vale como lembrete para garantir que suas contas e dados pessoais estejam sempre seguros.


Via: Engadget

 
Hackers Banco de Dados Cartões de crédito senhas
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você