Mouse Acer predator cestus 500

Review do Predator Cestus 500: personalização de forma prática para os gamers

Rene Ribeiro 28/05/2019 09h33
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Desenhado para jogar, esse mouse da Acer permite ajustar a sensibilidade dos botões de tiro. E é um dos poucos que serve tanto a destros, quanto a canhotos.

Os mouses para gamers oferecem um nível de personalização muito superior do que aqueles usados para uso comum. Esta personalização serve, acima de tudo, para permitir ao usuário ficar jogando com a mão que segura o mouse numa posição o mais confortável possível para evitar lesões e fadiga.


O Acer Predator Cestus 500 não é exceção, sendo este um dos poucos mouses de jogos que pode ser utilizado tanto por canhotos, como por destros.  Ele inclui um dois painéis laterais, que podem ser instalados do lado esquerdo ou direito e que servem para adaptar o maior número de tamanhos diferentes de mãos. 

Existem também duas chaves deslizantes na parte de baixo, que servem para alterar a sensibilidade dos botões esquerdo e direito de forma a melhor se adaptar ao gosto do jogador. Também é um recurso bem raro de encontrar em mouses, pois altera diretamente a pressão do clique dos botões principais. Para os gamers profissionais, isso serve para evitar tiros antes do tempo exato.

E para analisar toda essa customização, confira abaixo o nosso review do Acer Predator Cestus 500:

Mouse Acer Predator Cestus 500: design e ergonomia

Já é uma tradição da Acer ter um design bastante agressivo em seus produtos para jogos. E o Predator Cestus 500 mantém essa história real com um projeto de mouse futurista. Todo o corpo é marcado por linhas que parecem dividir o mouse em pedaços, mas com sutileza, pois ainda há partes com curvas, mesmo que bastante leves.

Reprodução

Os botões esquerdo e direito possuem abas nas bordas laterais. Além de parecer pequenas asas, essas abas ajudam a manter os dedos sempre em posição, garantindo mais firmeza.

O Predator Cestus 500 é todo feito em plástico com um acabamento naquele material que lhe dá um toque semelhante ao da borracha. As zonas iluminadas são 3, uma frontal, a roda e o logo na parte superior de trás, onde se apoia a palma da mão.

Reprodução

As sapatas de teflon são resistentes e deslizaram suavemente em um mousepad comum. As aletas laterais que acompanham o produto, são eficientes para apoiar o polegar. Só faltou mesmo o mouse ser um pouco mais pesado.

Reprodução

O Acer Predator Cestus 500 tem abas e botões nas duas laterais. A Acer lembrou de quem é canhoto

Apesar de bastante confortável,  ele é muito leve e, por consequência, em movimentos que precisam de agilidade, acabamos movendo o mouse além do necessário. Por isso, precisei me acostumar ao peso para compensar o movimento.

Mouse Acer Predator Cestus 500: customização sem exagero

O Predator Cestus 500 tem seis botões programáveis e iluminação RGB. Tanto os botões como a iluminação podem ser completamente personalizados pelo usuário por meio do software Predator QuarterMaster, que está disponível gratuitamente para download no site.

Reprodução

Este programa ainda permite definir perfis para adaptar o funcionamento do Cestus 500 a títulos específicos. Depois de definidos, basta associar o jogo no software  e a programação dos botões do mouse adapta-se automaticamente.

A resolução pode ser ajustada pelo software também, em até seis níveis. E depois pode ser alternada em tempo real pelo botão que fica na parte de cima central do mouse.

Reprodução

O usuário tem a opção de desligar e ligar os níveis que quiser e deixar apenas as mais utilizadas. Enfim, é uma configuração bastante versátil. E o melhor é que o software não fica com muita firula: o menu é bastante claro e as opções são diretas, bastante fáceis de entender.

Mouse Acer Predator Cestus 500: desempenho

O sistema que permite alterar a sensibilidade dos botões é interessante e permite um controle preciso dos toques nos botões, reduzindo assim a quantidade dos toques não desejados.

A resolução máxima é de 7.200 ppp (pontos por polegada). Muitos podem dizer que os mouses mais modernos chegam a 16 mil ppp, mas, sinceramente, creio que essa capacidade técnica de um sensor assim, está muito além da necessidade de qualquer jogo.

Eu configurei uma resolução de 5 mil ppp e foi suficiente para jogar LoL e Wolfestein II, The Colossus com precisão grande de movimentos. Além disso é possível ajustar a frequência de comunicação com o computador entre 125 Hz até 1.000 Hz, o que ajuda a fazer um ajuste fino na precisão.

O que poderia ter, realmente, era um botão a mais para resolução. Com apenas um botão é preciso ficar pressionando várias vezes se quisermos retornar a uma resolução inicial. E isso, durante uma partida online, pode ser fatal se não não conseguirmos ajustar a definição ideal para o momento de cada cena do jogo.

Mouse Acer Predator Cestus 500: conclusão

O Predator Cestus 500 é um mouse para jogos que não exagera nos detalhes como a maioria de mouses gamers. A customização de luzes pelo software tem opções simples e direta e o recurso de configurar as resoluções (até seis níveis) é simples, feita pelo software apenas arrastando um botão e deixando no número desejado, até 7.200 ppp (pontos por polegada). A ergonomia é ótima, com aletas que acompanham o produto para deixar mais confortável e seguro o apoio do polegar.

É um dos poucos mouses gamers pensados para destros e canhotos. O desempenho foi ótimo durante os testes, o que já era esperado devido ao excelente sensor óptico e aos contatos Omron, um dos melhores switches do mercado para mouses, que garantem uma vida útil longa, mesmo com seguidas pressões de grande força nos botões. Apesar da resolução nao ser a maior do mercado, o Predator Cestus 500 tem ótima precisão.


Games Mouse game review Jogos online jogos gamer gamers notebook gamer
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você