5G

5G vai gerar R$ 54 trilhões até 2035

Matheus Luque 08/11/2019 09h45
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pesquisa aponta que a próxima geração de internet móvel vai dar suporte a 22 milhões de empregos em 2035

A Qualcomm anunciou ontem (7) novas previsões para a economia 5G, e chegou à conlusão de que a próxima geração de internet móvel vai gerar US$ 13,2 trilhões, aproximadamente R$ 54 trilhões, em habilitação de vendas até 2035. O estudo foi encomendado pela empresa e organizado pela IHS Markit 5G.


Conforme constatado durante o Qualcomm 5G Summit, em outubro, agora existem mais de 30 redes 5G ativas e mais de 40 OEMs lançando dispositivos habilitados para 5G. Além de muito dinheiro, o 5G também vai gerar inúmeros empregos.

A pesquisa aponta que a cadeia global de valor 5G dará suporte a 22 milhões de empregos em 2035, o que corresponde a 3,4 vezes mais empregos do que a atual fase de produção econômica.

O estudo também concluiu que a cadeia 5G vai investir uma média de US$ 235 bilhões, cerca de R$ 965 bilhões, anualmente para continuar a expandir e fortalecer a base de tecnologia 5G. Esse número representa quase 80% do total dos gastos federais, estaduais e governamentais dos EUA em infraestrutura de transporte em 2017.

Cristiano Amon, presidente da Qualcomm, afirmou: "Ao relembrar as conquistas do setor no ano passado, é impressionante o progresso que fizemos na aceleração da implantação do 5G em todo o mundo". 

 

Empregos 5G Qualcomm
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você