China não obriga mais o uso de filtro de conteúdo

Ministro da Indústria e Tecnologia da Informação disse que a instalação será opcional

Redação Olhar Digital 13/08/2009 16h51
barraweb
A A A
A novela do software chinês de filtragem de conteúdo pornográfico ganhou mais um capítulo. Agora, o governo da China admite que os fabricantes de computadores não serão obrigados a adotar a medida.

O ministro da Indústria e Tecnologia da Informação, Li Yizhong, disse que a divulgação do software Green Dam foi mal feita pelo governo do país. A medida inicial previa que as empresas de PCs teriam que instalar obrigatoriamente o filtro para restringir acesso a sites pornográficos e violentos.

Alguns internautas, porém, notaram que o sistema de filtragem também bloqueava conteúdos ofensivos às autoridades chinesas.
Internet
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você