IPTV

Escolha por TV pirata cresce na América do Norte

Nina Gattis, editado por Fabiana Rolfini 27/02/2020 15h45
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Fire TV Stick, da Amazon, é o dispositivo responsável por mais de um terço do suporte ao serviço de IPTV ilegal nas regiões avaliadas

Dados recentes divulgados pela Sandvine, empresa de gerenciamento de banda larga, mostraram que o tráfego de IPTV pirata vem crescendo nos Estados Unidos e no Canadá. Para isso, os usuários estão usando cada vez mais o Amazon Fire TV Stick.


A onda das assinaturas de TV sem licença aumentou muito nos últimos anos - e não é para menos: enquanto as telecoms cobram altas taxas mensais por poucos canais privados, os fornecedores ilegais oferecem todos as opções possíveis e imagináveis a preço de banana.

Pensando em combater a disseminação de IPTV pirata, a indústria do entretenimento lançou a coalizão antipirataria Aliança para Criatividade e Entretenimento (ACE, na sigla em inglês). A ideia deu certo e já derrubou alguns dos principais fornecedores, mas não acabou completamente com o problema, que até apresentou crescimento.

Dados regionais

No estudo promovido pela Sandvine, o mercado de TV por assinatura foi avaliado na América do Norte, Europa, Oriente Médio e Norte da África. Dentre as regiões analisadas, a Europa é a que menos usa o serviço pirata, com 5,8% dos assinantes do país pertencendo a esse grupo. Estados Unidos aparecem com 6,9%, Canadá apresenta 9,3%, enquanto Oriente Médio e Norte da África disparam, juntos, na frente, com uma taxa de 23,4%, ou seja, com quase um quarto da população utilizando meios ilegais para assistir à TV.

No caso dos Estados Unidos e do Canadá, a taxa cresceu significativamente se comparada à avaliação anterior, que foi feita em 2018.

Reprodução

Além do estudo geográfico para saber como anda a concentração das plataformas de IPTV pirata, a Sandvine analisou, também, quais são os dispositivos mais utilizados para burlar as regras. O Amazon Fire Stick aparece como o preferido, já que foi escolhido por 35,7% das pessoas. Em seguida, constam os dispositivos Android e computadores Windows, com 16% e 15,2%, respectivamente.

Reprodução

O mais curioso é que a Amazon é membro da ACE, mas seu dispositivo é o que mais contribui para o funcionamento de IPTV pirata atualmente. A culpa não é da companhia, afinal, o produto é completamente legal. O problema é que mesmo as tecnologias autorizadas podem ser usadas para fins ilegais.

 

Via: TorrentFreak

IPTV TV por assinatura Pirataria TV antipirataria Amazon Fire TV Stick
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você