Facebook: uma ferramenta de uso empresarial!

A BuddyMedia fez uma pesquisa para entender quais são as principais ações das marcas na rede social

Redação Olhar Digital 04/10/2010 17h40
Facebook
A A A

Com a geração Facebook as marcas mudaram seu pensamento e começaram a seguir as massas ao invés de tentar fazer com que as pessoas viessem até elas. O Facebook tem mais de 500 milhões de usuários, isso significa que as marcas têm acesso em tempo real ao seu público. Por isso que nos últimos meses temos visto uma onda de campanhas no Facebook. E é este o motivo também pelo qual a rede social de Marck Zuckerberg não para de criar mais e mais recursos para as marcas. Assim como os fabricantes de aplicativos, que têm construído ferramentas para que pequenas e grandes empresas possam "vender" seus produtos de maneira customizada e com o suporte do próprio Facebook.

Para entender quais são as tendências das marcas no Facebook, a BuddyMedia, principal gerenciadora de sistema da rede social, fez uma pesquisa e descobriu quais são as cinco principais ações que as marcas têm investido na rede social.

1 – Exclusividade para os usuários

As agências estão começando a adaptar seus ciclos de lançamento de produtos e campanhas de marketing aproveitando a plataforma do Facebook. Algumas delas, inclusive, deram exclusividade aos usuários da rede social e divulgaram suas novidades primeiro ali.

Grandes nomes como Ford e Nike, por exemplo, fizeram o lançamento de seus produtos primeiro no Facebook. No caso da Nike, a empresa optou por estrear seus três minutos de propaganda da Copa do Mundo na sua página do Facebook, antes mesmo de liberar para qualquer outro lugar. Logo após a divulgação na fan page, o comercial quebrou recordes virais. Já a Ford decidiu revelar seu novo carro na web, com o Facebook como a peça central da estratégia online da empresa.

Todas as empresas que optaram pela exclusividade no Facebook tiveram resultados estrondosos.

2 – Arrecadação de dados com o Facebook Places

O Facebook Places, serviço de localização para smartphones criados pelo Facebook, tem menos de 2 meses de idade e nem chegou a alguns lugares do mundo, mas já está com tudo.

O recurso é parecido com o Foursquare, onde o usuário pode fazer o "check in" no local que está presente naquele momento e compartilhar sua localização com os amigos.

Uma das primeiras empresas a adotar o Facebook Places é a Westfield Vallet Fair Mall, um shopping que está oferecendo descontos especiais em troca de um "check in". A ideia é que os usuários do Facebook ajudem o shopping a descobrir quais são os principais comportamentos de compras dos clientes.

3 – Facebook, o grande shopping center

As páginas das empresas no Facebook estão se tornando mais úteis dos que se imagina. Empresas de todos os tamanhos estão descobrindo que é possível fazer de suas fan pages sua loja virtual. A Disney e a Delta estão empenhadas nas vendas pelo Facebook. A produtora até criou um aplicativo que permitia os usuários a reservar ingressos para assistir ao Toy Story 3. Isso sem precisar sair das págimas da rede social.

Com tantas oportunidades de vendas por aí, as empresas estão percebendo que o Facebook é a maneira mais rápida e fácil de se tornar um paraíso das compras e o grande shopping center do mundo.

4 – Centros de suporte aos consumidores

Com o nascimento das fan pages no Facebook, muitos clientes esperavam obter um serviço personalizado. Por isso que atualmente o desafio das marcas é conseguir atender seu cliente dentro da plataforma do Facebook.

Nos últimos meses a Get Satisfaction e a Parature estão construindo uma funcionalidade de apoio ao cliente. Em parceria com a Involver, maior plataforma de tecnologia de marketing social, a Get Satisfaction torna a página do Facebook em um sistema que conecta infomações e pessoas. Ela organiza todas os dados (perguntas, comentários, preocupações) encontrados no Facebook e compartilha nos canais de contatos com os clientes. Esta abordagem transforma as discussões ocorridas dentro da fan page em conteúdos acionáveis que podem desenvolver desde produtos até marketing de relacionamento, gestão de marcas e serviço ao cliente.

"A Get Satisfaction já tem 122 clientes utilizando a integração do Facebook, atingindo um total de centenas de milhares de usuários e fãs", informa um porta-voz da empresa.

5 – Doações pelo Facebook

A tendência em fazer boa caridade vai além do Facebook. Mas não dá para negar que as páginas da rede social e seus botões de "Like" tem feito a sua parte.

No ano passado, a Target lançou um aplicativo no Facebook que deixava os usuários escolherem onde a empresa gastaria os US$ 3 milhões de contribuições arrecadadas. Recentemente, a Kohls também começou uma iniciativa deste tipo para doar US$ 10 milhões para 20 escolas. Cerca de 2 milhões de usuários votaram em suas escolas preferidas e a página da marca ganhou milhares de novos fãs.

Facebook
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você