Fibra ótica

Fibra óptica supera cabo na banda larga do Brasil

Victor Pinheiro, editado por Fabiana Rolfini 06/03/2020 15h02
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Somadas, pequenas operadoras detém mais da metade do mercado

A fibra óptica agora é a principal tecnologia de conexão de internet fixa no Brasil. Segundo informações publicadas pela Anatel, este tipo de cabeamento foi responsável por 31,9% do total de 32,5 milhões de acessos registrados em janeiro, superando pela primeira vez a rede de cabos metálicos, que vem logo atrás com 30,7%.


O episódio é resultado de uma expansão da tecnologia de banda larga ao longo de 2019. Para se ter uma ideia, em janeiro do ano passado, a fibra óptica representava apenas 19% das conexões, frente a 41% dos cabos. Em números reais, a quantidade de acessos saltou de 6 milhões para 10,3 milhões. 

Reprodução

Operadoras

Por outro lado, a Vivo segue isolada na liderança do setor. Porém, embora tenha expandido sua rede em quase 600 mil acessos - totalizando 2,63 milhões -, a fatia da empresa no mercado reduziu de 33,8% para 25%.

Já a Oi também se manteve na segunda colocação, mas ao contrário da concorrente expandiu seu market share de 7,7% para 10,6%, e bateu a marca de 1,1 milhão de acessos. A tendência é que esse índice siga aumentando nos próximos meses, uma vez que a empresa pretende chegar a pelo menos 16 milhões de domicílios atendidos até 2021.

Além disso, as pequenas operadoras continuam ocupando um papel importante na expansão da tecnologia. Somadas, elas são responsáveis por mais de 50% do mercado. A Algar, que nem aparecia entre as principais fornecedores no ano passado, atualmente ocupa a terceiro posição do setor com mais de 362 mil acessos, pouco mais que a quarta colocada Brisanet, que aumentou em 68% o número de conexões desde o ano passado.

Reprodução

 

É interessante observar que fibra óptica ainda ocupa uma parcela reduzida do equipamento das grandes operadoras. No caso da Oi, mais de três quartos das conexões são via cabos metálicos, enquanto isso, no caso da Brisanet essa parcela corresponde 98%.

Fechando o times das gigantes da telecomunicação, a Claro e a Tim ocupam a quinta e sétima posição, respectivamente. O cabos coaxiais representam a imensa maioria - 97% - do equipamento da primeira operadora, já na TIM, a exemplo da Vivo e da Oi, o uso de cabos metálicos é predominante.

Internet Banda Larga Telecomunicações operadoras Banda larga
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você