Coronavírus

Google, Facebook e Microsoft se unem no combate à desinformação sobre a Covid-19

Renato Santino 17/03/2020 19h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Empresas coassinaram documento se comprometendo a adotar medidas para mitigar a disseminação de boatos

Algumas das maiores empresas de tecnologia que supervisionam as plataformas sociais mais usadas no mundo anunciaram uma aliança para combater a desinformação que circula sobre a pandemia do coronavírus e a doença Covid-19. O comunicado publicado pelo Facebook foi coassinado por Google (dono do YouTube), Microsoft (responsável pelo LinkedIn), Twitter e Reddit.


As medidas incluem destacar sempre as fontes mais confiáveis, como o Ministério da Saúde no caso do Brasil e minimizar o alcance de informações falsas. O Facebook já conta com o programa de verificação de fatos por agências independentes, e o sistema será reforçado neste momento.

A empresa de Mark Zuckerberg também já havia oferecido à Organização Mundial da Saúde (OMS) um “megafone” na rede social, permitindo a publicação ilimitada de anúncios na plataforma com o objetivo de espalhar informação confiável. Outros órgãos locais também receberam créditos gratuitos para a publicação de campanhas informativas sobre o coronavírus. Ao mesmo tempo, publicidade de itens ligados à prevenção do contágio, como máscaras e álcool em gel, foi temporariamente banida para evitar abusos.

Do lado do Google, a empresa anunciou a criação de uma equipe de emergência que trabalhará 24 horas por dia para remover desinformação dos resultados das buscas e do YouTube. A maioria dos vídeos sobre o tema já é desmonetizado, para não recompensar a difusão de informação falsa, com exceção de especialistas no assunto com experiência reconhecida.

Como nota o Business Insider, é um momento decisivo para a aplicação dessas medidas. O Newsguard, ferramenta que monitora e ranqueia sites com base em sua confiabilidade, apontou que sites famosos pelos boatos ligados à saúde receberam 142 vezes mais engajamento em redes sociais do que os sites do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) e a página da Organização Mundial da Saúde juntos em um período de 90 dias.

Microsoft Google Youtube Facebook LinkedIn
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você