Microsoft não quer que Apple tenha direito sobre o termo "App Store"

Empresa entra com moção conta companhia de Steve Jobs afirmando que o termo é genérico demais e não pode ter um proprietário

Redação Olhar Digital 12/01/2011 14h31
Apple vs. Microsoft
A A A
A Microsoft entrou com uma moção nesta terça-feira (11) contra a Apple para que o Escritório de Patentes dos Estados Unidos negue o direito de uso da expressão "App Store" à empresa de Steve Jobs, usada hoje para nomear as lojas de aplicavos da Apple, de acordo com o site Tech Flash Podcast. Segundo o documento que a Microsoft enviou ao escritório americano, o termo é genérico e poderia ser usado também pelos competidores.
Para comprovar seu argumento, a Microsoft usou uma citação do próprio Steve Jobs, em que ele se refere às lojas de aplicativos do Android, o sistema operacional do Google, como "app stores". Isso indicaria que o termo é corriqueiro e não poderia ser uma marca registrada.
A Apple pediu o registro de "App Store" em 2008,  relativo à oferta de software por lojas online. No mesmo ano, a empresa lançou a loja de aplicativos para o iPhone 3G e hoje ela já suporta todos os aparelhos com o iOS. No começo do mês, a empresa lançou mais uma App Store, dessa ver para o Mac OSX
Microsoft Aplicativos Apple
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você