Motorola Razr: unidades do smartphone dobrável esgotam no Brasil

Site da Motorola diz que em breve será anunciada uma nova data para vendas

Victor Pinheiro, editado por Liliane Nakagawa 02/03/2020 20h03
Razr dobrável
A A A

Motorola Razr está em falta no Brasil. De acordo com o site brasileiro da marca, as primeiras unidades do novo smartphone dobrável da fabricante norte-americana "já acabaram”. Com o estoque esgotado, espera-se que empresa deva anunciar em breve uma nova data para venda dos próximos lotes.


Com preço nacional fixado em R$ 8.999, o primeiro lote do aparelho estava disponível para encomendas no país desde o dia 6 de fevereiro. 

A informação de que o estoque de aparelhos Motorola Razr tinha se esgotado já circulava no torneio Rio Open, no Rio de Janeiro, realizado entre os dias 15 e 23 de fevereiro, como publicado pelo TechTudo. De acordo com as informações, a fabricante se recusou a comentar o assunto, desta forma, não se sabe realmente quantas unidades do smartphone dobrável foram vendidas.

Pela ausência do dado, fica impossível avaliar se o esgotamento do estoque se trata de um indicativo de sucesso das vendas. Entretanto, é bom lembrar que no exterior os smartphones acabaram semanas antes do lançamento oficial.

Apesar disso, o Motorola Razr enfrenta críticas quanto à resistência da sua tela dobrável. Testes reportaram que a tela do smartphone descasca após uma semana de uso. Já o teste da dobradiça, realizada pela CNET, constatou problemas com a mecânica do aparelho após 27 mil dobras, muito aquém do resultado do Samsung Galaxy Fold, que bateu 120 mil.

Vale lembrar que as duas linhas têm mecânicas de dobra diferentes. No caso do Motorola, quando o celular está ‘em pé’, a tela dobra na “vertical”, já no modelo da empresa sul-coreana, a tela se expande na horizontal.

O Razr, no entanto, ainda terá que encarar um forte concorrente: o Galaxy Z Flip. Pelo mesmo preço, o modelo da Samsung, que deve ser anunciado no Brasil no próximo dia 11 de março, oferece especificações de um celular top de linha, com processador Snapdragon 855+, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento; enquanto que o Razr traz componentes mais modestos: processador Snapdragon 710, 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna.

A base de materiais, que compõe as telas dobráveis, também apresenta diferenças consideráveis. Enquanto o display do Razr traz uma membrana de plástico, o Z Flip apresenta uma camada de vidro flexível. Apesar do componente soar mais resistente, o celular da Samsung também coleciona preocupações quanto à fragilidade da tela.

 

Motorola Samsung smartphone smartphone dobrável Celular motorola razr galaxy z flip
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você