Review do Google Pixel 3a

Review do Google Pixel 3a: a melhor experiência entre os celulares intermediários

Camila Rinaldi 06/06/2019 10h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O Pixel 3a é o celular do Google para as massas e deve motivar outras empresas a oferecer experiências exclusivas da linha Premium em celulares mais baratos

O que mais importa na vida? Por muito tempo, acreditava que a resposta para essa pergunta era “ter”. Ter amigos. Ter saúde. Ter emprego. Ter. Ter. Ter. Mas de nada adiante ter, se não soubermos aproveitar, criar boas experiências. Quando pensava em smartphones, não era diferente: sempre quis ter. Ter um Galaxy S8. Ter um Google Pixel 3. Ter. Ter. Ter. E eu tive, e criei boas experiências, pois no final das contas, não estamos realmente preocupados com a velocidade com que um aplicativo abre, mas com a experiência fornecida pelo aparelho. Estou usando o Pixel 3a há quatro semanas, e a experiência que tive com este intermediário ainda está sendo incrível.


O aparelho possui uma ficha técnica exemplar: tela OLED, qualidade de som stereo, câmera com processamento de imagem que usa a tecnologia exclusiva de Inteligência Artificial do Google, design da série Premium e qualidade de construção competitiva. Chama ainda a atenção neste dispositivo a presença de um sensor de impressão digital, a manutenção da entrada P2 para os fones de ouvido para oferecer mais opções à categoria, uma bateria decente e um software customizado, que não deixa a desejar em nada em relação aos modelos originais da linha Pixel 3.

Reprodução

No Pixel 3a temos apenas uma lente na câmera frontal

Porém, os modelos mais acessíveis não oferecem os dois sensores da câmera frontal como temos nas variantes Premium, e isso é perfeitamente percebido na qualidade das imagens capturadas com a câmera frontal, especialmente naquelas que utilizam o recurso de profundidade. Logo, não pense que tendo um Pixel 3a você terá toda a experiência de ter um Pixel 3, essa não é a ideia por trás desta linha.

O que o Pixel 3a também não possui, é o chip de processamento de imagem exclusivo do Google, chamado de Pixel Visual Core. Isso significa que o processamento das imagens capturadas pela câmera acontece diretamente no chip Snapdragon 670. Como consequência disso, o processamento das imagens demora um pouco mais para acontecer do que no Pixel 3.

Agora, deixando de lado as comparações com as variantes topo de linha da série, o que o Pixel 3a pode oferecer?

Reprodução

A parte traseira é de plástico, mas não dá a impressão de celular barato

Review do Google Pixel 3a: qualidade de construção e tela

Quando pegamos o Pixel 3a nas mãos, sabemos logo que se trata de um dispositivo que utiliza plástico na sua construção. Porém, isso não é algo ruim. O acabamento do aparelho é muito bem feito e utiliza plástico liso nas laterais e na parte traseira superior, no espaço em que a câmera está localizada. Um pouco acima do sensor de impressão digital, temos plástico fosco, que vai até a parte inferior da traseira. Isso faz com que tenhamos o mesmo visual característico da linha Pixel.

Em uma época de super aproveitamento da parte da frente do aparelho para a tela, o Pixel 3a deixa muito a desejar. As bordas do dispositivo são realmente grandes, e isso causa certa estranheza, mas não é realmente o fim do mundo.

A tela do Pixel 3a possui 5,6 polegadas, é OLED, com resolução FHD+ (2.220 x 1.080 pixels), com 441 ppi e proporção de 18.5:9. A qualidade da tela é boa, as cores são mais quentes e puxam mais para o vermelho do que para o branco. Nas configurações do Android, é possível modificar as cores para “natural”, “realçadas” e “adaptativo”, porém, esse tom avermelhado permanecerá proeminente.

O fato do Google ter optado por uma tela OLED deve ser destacado, pois nem todos dispositivos intermediários chegam ao mercado com essa tecnologia de display. Por outro lado, essa é uma opção inevitável para o Big G, já que a empresa vem colocando grande ênfase no modo escuro, tanto do sistema quanto do dos seus aplicativos. Isso fará com que seja possível salvar energia quando a tela estiver ativa e, de acordo com os próprios engenheiros do Android, essa economia é significativa.

Reprodução

Até o lançamento do Android Q, o Pixel 3a roda com o Android 9 Pie

Ainda pelo lado da construção do aparelho, temos alto-falantes stereo, mas ambos não estão montados na parte frontal, apenas o speaker para ligações. A segunda saída de áudio fica ao lado da porta USB-C, e possui o mesmo design do microfone. Por conta disso, a bandeja para o cartão SIM está localizada na lateral do celular, e não na parte inferior, como no Pixel 3.

A qualidade dos alto-falantes é realmente boa, mas o fato de uma das saídas de áudio estar na parte inferior, atrapalha quando o assunto é consumo de mídias e experiência com jogos. Enfim, este é um problema que temos em todos os smartphones que não trazem os alto-falantes montados na tela.

Reprodução

A segunda saída de áudio está ao lado da porta USB-C

Review do Google Pixel 3a: software e performance

Em relação ao sistema operacional, o Pixel 3a roda com o Android 9 Pie e será um dos primeiros aparelhos a receber a atualização para Android 10 Q. Sim, essa é uma grande vantagem da linha, bem como contar com a interface customizada da série Pixel, com navegação por gestos e uma integração maior com os serviços do Google.

O sistema é bastante fluído, não se pode reclamar. Para um smartphone intermediário, embalado pelo processador Snapdragon 670, da Qualcomm, com 4GB de memória RAM (LPDDR4X), a performance é satisfatória. Agora, é claro que um hardware intermediário vai oferecer um desempenho inferior em relação aos modelos topo de linha que temos no mercado. Além disso, existem aparelhos midrange com uma quantidade maior de RAM, que acabam entregando um desempenho melhor, como é o caso dos smartphones da OnePlus, Asus e Xiaomi, por exemplo.

Ainda em relação ao software, a integração do Google Assistente ao sistema permite utilizar o aparelho em diferentes formas para facilitar as tarefas do cotidiano, tais como enviar e-mails rapidamente ou até mesmo preencher formulários online com a ajuda do assistente inteligente. Além disso, o Pixel 3a também permite acessar o Google Assistente rapidamente ao apertar as laterais da aparelho, o que é muito prático na hora de realizar pesquisas, confirmar a agenda e enviar mensagens sem desbloquear o aparelho.

Reprodução

A câmera Premium do Pixel 3 também está disponível no Pixel 3a

No ano passado, na minha análise do Pixel 3, disse que o celular do Google era de longe o dispositivo mais inteligente que já utilizei e, levando em consideração a similaridade do software, o Pixel 3a é de longe o intermediário mais inteligente que já usei.

Outra característica importante dos novos Pixel é que passarão a contar com mais uma camada de proteção de dados e privacidade no Assistente até o fim deste ano. Isso acontece porque a Inteligência Artificial (AI) do Google já pode executar ações dentro do celular, o que significa que o processo é local, não sai do dispositivo. Isso faz com que tenhamos uma experiência quase nula de latência no aparelho, transcrições que acontecem em tempo real e não exigem conexão com a internet para funcionar.

Para conferir a lista completa de especificações do Google Pixel 3a, clique aqui.

Review do Google Pixel 3a: câmera

A intenção dos engenheiros do Google com o Pixel 3a é trazer as experiências dos seus celulares Premium para todos, essa é a essência da série. Logo, trazer a excelente câmera traseira do Pixel 3 aos novos aparelhos é o grande objetivo da criação desta linha.

Por isso, o Pixel 3a possui a mesma câmera traseira de 12,2 MP da série original. E é aqui que este dispositivo praticamente não possui concorrência na categoria.

Assim como nos modelos anunciados no ano passado, o Pixel 3a permite tirar fotos usando tecnologias como HDR+ e recursos como o famigerado Modo de retrato, o Super Zoom, e a Visão noturna para capturas em ambiente pouco iluminados. E sim, comparando as câmeras do Pixel 3 e do Pixel 3a, temos uma consistência de cores e iluminação nas imagens. Confira um exemplo abaixo:

Reprodução

Modo automático da câmera

Reprodução

Modo retrato da câmera

Em relação às especificações da câmera, o sensor possui tamanho de pixel de 1,4 μm, faz autofoco com detecção de fase Dual-pixel, tem estabilização de imagem ótica e eletrônica e possui abertura de foco f/1.8. O que limita um pouco essa câmera em relação às demais encontradas em outros smartphones Android é o ângulo de abertura. A captura de imagem ocorre a um ângulo de visão de apenas 76º, o que deixa muita coisa de fora. Com o tempo isso incomoda.

Já a câmera frontal possui 8MP, apenas um sensor, abertura focal f/2.0, tamanho de pixel de 1,12 μm e ângulo de abertura de 84º. Aqui tivemos um corte por parte do Google, claro, mas ainda assim, usando a tecnologia de processamento de imagem da gigante das buscas, temos uma boa experiência de fotografia.

Confira abaixo alguns exemplos de imagens capturadas com o Pixel 3a (veja aqui as imagens em tamanho real):

A câmera funciona super bem, mesmo havendo extremo constraste de luz

Imagem noturna, estilizada posteriormente via Assistente de Imagem do Google Fotos

Câmera automática, sem o recurso Visão Noturna

Câmera frontal, automático, bastante contraste de luz

Review do Google Pixel 3a: bateria

O Pixel 3a possui uma bateria de 3.000mAh que, apesar de não parecer muito no papel, entrega uma boa experiência, pois um usuário médio consegue passar um dia inteiro com o aparelho sem a necessidade de carregamento. Ativando o modo de economia, que desliga alguns recursos e restringe aplicativos, é possível aumentar o tempo de uso do dispositivo de forma considerável.

Apesar de não termos a opção de carregamento sem fio, este smartphone possui a tecnologia de carregamento rápido e é enviado com um adaptador de 18W (USB-C) com USB-PD 2.0. Dentre os modelos intermediários do mercado, este é um grande “plus” da linha 3a.

E aqui, não posso deixar de comentar que, pelo fato de termos a manutenção da entrada de áudio jack de 3,5mm, podemos carregar o Pixel 3a e, ao mesmo tempo, escutar música, sem a necessidade de adaptadores ou quaisquer outros acessórios. Obrigada, Google!

Reprodução

O Pixel 3a manteve a entrada P2 para os fones de ouvido

Review do Google Pixel 3a: preço e disponibilidade

Pela primeira vez, a estratégia de venda e distribuição da linha Pixel está mais competitiva, ou seja, desde o lançamento, os aparelhos estavam disponíveis nas lojas parcerias, nos países em que os dois dispositivos estão sendo comercializados. Com isso, comprar um Pixel 3a a partir de 399 dólares está mais fácil em países como os EUA, a Alemanha e a Índia.

Em relação à comercialização do Pixel 3a no Brasil, durante o Google I/O 2019, tivemos a informação de que os novos aparelhos não estariam disponíveis no varejo nacional. Na época, quem afirmou isso foi o gerente de produto do Google, Mario Queiroz. Contudo, hoje teremos um evento da gigante das buscas dedicado para o mercado brasileiro, o Google For Brasil, no qual, existem expectativas de vermos alguns anúncios importantes para o país. A nossa expectativa gira em torno dos novos Pixel 3a.

Agora, se você não quer esperar, pode sempre recorrer aos serviços de importação, como o Comprar Fora, dos Correios, no qual possível trazer o aparelho nos Estados Unidos.

Reprodução

A linha possui acessórios dedicados, como capinhas para proteger a parte traseira

O Google Pixel 3a é bom?

O Pixel 3a é um bom intermediário e oferece uma grande experiência de software e câmera, a um preço acessível. Com este novo aparelho, a empresa estende a qualidade de fabricante do hardware e desenvolvedora do software para outra categoria e público, e desafia a sua maior concorrente, a Apple, a fazer o mesmo. Porém, isso não significa que não venha atingir algumas parceiras no meio do caminho.

Caso o Pixel 3a chegue às lojas brasileiras, certamente, Samsung, Motorola e, agora, Xiaomi, estarão encrencadas. Pois já não se trata mais da rapidez com a qual o celular abre um aplicativo, mas a experiência global que oferece.

O uso do novo Pixel 3a é muito similar àquele que temos nos dispositivos Premium do Google, mas por um valor duas vezes menor. Existem distinções relativas ao hardware, mas também temos a mesma qualidade da câmera principal do Pixel 3, a mesma interface do usuário exclusiva do Google e os mesmos recursos de segurança e privacidade. Isso torna essa nova linha intermediária muito atraente a todos.

E aí, você trocaria o seu smartphone pelo Google Pixel 3a? Por quê?


Google review google pixel
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você