Notebook Lenovo Ideapad 330s R5

Review do Ideapad 330s R5: desempenho prejudicado pela pouca memória

Rene Ribeiro 24/07/2019 16h58
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Notebook da Lenovo tem belo design e bom preço, mas na configuração "de fábrica" derrapa na multitarefa.

O Olhar Digital já tem o review do notebook Lenovo Ideapad 330s com processador Intel. E hoje é dia de apresentar uma análise do mesmo modelo de notebook, mas com o processador R5 (Ryzen5) da AMD. 


Acompanhe o review e saiba tudo sobre o modelo do Ideapad 330s com processador da AMD.

Notebook Lenovo Ideapad 330s R5: design e acabamento

Existem outros modelos de Ideapad 330, mas os que levam a letra “s” como sufixo são da linha slim. Suas dimensões são de 35,8 x 24,4 x 2,09 cm (LxPxA). O peso é de 1,87 Kg e a tela tem 15,6 polegadas. É 300 gramas mais leve do que o Ideapad 330 e tem largura 2 cm menor.

Reprodução

As bordas da tela são bem finas, com 0,5 cm nas laterais e 0,7 cm na borda superior. Esse é o motivo de ser menor na largura do que o Ideapad 330. Apesar de ser todo feito em plástico, é muito bem acabado e robusto. A cor azulada (escura) em todo o gabinete continua predominando.

Reprodução

A parte de baixo do 330s R5 é fácil de ser removida. Os parafusos são tipo Philips padrão, portanto, não é preciso de nenhuma chave especial. Isso é ótimo para quem já tem conhecimento e quer fazer o próprio upgrade. Um destaque fica por conta do slot padrão M.2 no qual é possível instalar um SSD desse tipo, que é muito rápido. O acesso à memória também é garantido e é fácil de instalar um pente a mais.

Teclado

O IdeaPad 330S possui teclas relativamente grandes. O espaço entre elas é o suficiente para não errarmos na digitação. Apenas as teclas de função são problemáticas, porque são muito pequenas. Houve espaço para um teclado numérico, mesmo que estreito.

Reprodução

Mas como o objetivo do teclado numérico é apenas agilidade na digitação de números, o tamanho das teclas está ótimo para a digitação confortável e sem erro. Uma ressalva também para as teclas direcionais para cima e para baixo, que são pequenas e, essas sim, geram um desconforto no uso.

Touchpad

Não há destaques aqui: ele permite movimentos precisos do cursor. As pontas dos dedos podem deslizar suavemente sobre o bloco, e é por isso que os movimentos de arrastar e soltar não apresentam nenhum problema. O ClickPad não tem problemas em reconhecer entradas no canto inferior esquerdo ou no canto inferior direito.

Tela

A Lenovo usou a tecnologia LED TN com uma resolução de 1366x768. É possível ver os pixels nos caracteres do texto, o que não chega a ser um problemão, mas pode gerar um desconforto visual em quem passa muito tempo em frente à tela. A resolução também afeta um pouco filmes e jogos, já que sempre dá pra ver os pixels destacados.

Reprodução

O fato é que a resolução de 1366 x 768 está ultrapassada para os dias de hoje. A Lenovo poderia usar ao menos uma tela de 1440 x 900, como as do MacBook Air, que já utiliza essa resolução desde 2013. É algo que ajuda muito a ver imagens e filmes com mais conforto.

Notebook Lenovo Ideapad 330s R5: desempenho

O processador desse modelo do 330s é o AMD Ryzen 2500U. Ele tem 4 núcleos físicos, mas 8 threads (cada um processa duas instruções por vez). A frequência de trabalho básica é de 2 GHz, mas pode chegar a 3,6 GHz dependendo da demanda.

A GPU (processador gráfico) também é da AMD, modelo Radeon Vega 8, com 8 núcleos físicos e 256 MB de memória. Não é um chip gráfico para jogos sofisticados, mas o Ideapad 330s não tem o objetivo de ser um notebook para jogos.

Reprodução

A memória RAM é de 4 GB e o armazenamento é de 1 TB em disco rígido de 5.400 rpm (rotações por minuto). Durante os testes, esses dois itens foram os principais gargalos para o desempenho. O boot do Windows 10, sistema que vem instalado nesse notebook, leva 1 minuto e 20 segundos até que o sistema esteja pronto para uso. É um tempo muito longo.

A memória de 4 GB não é suficiente para o Windows 10 ter um bom desempenho, assim como o disco rígido básico de 5.400 rpm não dá conta na hora da multitarefa. Para ter uma ideia, com apenas oito abas abertas o Chrome já começa a ficar lento ao alternar entre elas. 

Reprodução

Se você tiver outra aplicação aberta, como um editor de textos como o Word, por exemplo, a situação fica ainda pior, com espera de mais de 20 segundos para alternar entre tarefas. É algo irritante mesmo. 

Diminuir a quantidade de memória RAM para baixar o preço final do notebook pode parecer uma idéia interessante, porém, o Windows 10 precisa de pelo menos 8 GB para ter um desempenho bom. Para jogos, é como já disse: o Ideapad não foi feito para isso, porém consegui jogar Fortnite na configuração gráfica média, na resolução nativa do notebook (1366 x 768) e atingir 30 fps (frames por segundo), o mínimo aceitável para jogar com fluidez de movimentos.

Conectividade do Lenovo Ideapad 330s R5

No lado direito está o slot para cartão de memória SD, uma USB 3.0 e o espaço para trava anti-roubo padrão Kensington. O pequeno orifício ao lado do slot SD é um botão acionado por um clip que serve para recuperar o sistema em caso de alguma falha. 

Reprodução

No lado esquerdo está o conector para o carregador de bateria, uma porta HDMI, outra USB 3.0, uma USB-C e o conector P2 para microfone e fone de ouvido. Não há conector para rede cabeada (Ethernet), mas graças à porta USB-C é possível se conectar a esse tipo de rede com a ajuda de um adaptador (que precisa ser comprado a parte).

Notebook Lenovo Ideapad 330s R5: duração de bateria

Esse notebook usa uma bateria de pouca capacidade, talvez por ser slim. A bateria tem apenas duas células e 30 Wh. Geralmente, a capacidade para esse tamanho de notebook é de 42 Wh.

Usando o portátil em tarefas cotidianas de escritório, navegando no Chrome, lendo e escrevendo e-mails, usando editor de textos e planilha de cálculos, cheguei a uma autonomia de 5h com brilho da tela em 50%.

Com uso mais intenso, assistindo a vídeos no Youtube e deixando filme rolar no Netflix (portanto, com Wi-Fi também consumindo energia a todo momento), e brilho da tela em 75%, a autonomia chegou a 3h10. Portanto, nada de extraordinário aqui. Apesar disso, para uso leve, com programas de escritório e navegação no Chrome, 5 horas é razoável para usar no trabalho.

Notebook Lenovo Ideapad 330s R5: conclusão

Esse notebook apresenta um bom desempenho para trabalhos de escritório e para assistir vídeos. O preço médio (até a data de publicação desse review) foi de R$ 2.900. É um preço bom, mas aconselho fazer um upgrade de memória adicionando, pelo menos, mais 4 GB. O motivo é que o Windows 10 apresentou lentidão durante os testes feitos nesse review. Além disso, o HD já não é mais uma solução rápida e, com apenas 4 GB de RAM, o disco tinha muitos acessos para ser utilizado como memória auxiliar. E isso deixava tudo mais lento ainda. 

A parte positiva é que o Ideapad 330s R5 tem slot para uma unidade SSD tipo M.2 e um upgrade para esse tipo de armazenamento irá deixar esse notebook bem mais rápido. A tela também poderia ter uma resolução melhor.

Pontos positivos

  • Acabamento clean e robusto
  • Leve
  • Teclado confortável.

Pontos negativos

  • 4 GB de RAM prejudicou o desempenho
  • Tela poderia ter resolução melhor.

Notebooks Notebooks compactos SSD Lenovo review memória RAM
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você