Notebook Avell G1550 Fox

Review do notebook Avell G1550 Fox: acerta no desempenho e erra na bateria

Rene Ribeiro 14/02/2019 16h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Esse modelo vem com a memória Optane da Intel e oferece um super desempenho

Quem procura um notebook para jogos, pensa em produtos como a linha Alienware, da Dell, ou até mesmo na Samsung, com a família Odyssey. Porém, neste review do notebook gamer da Avell, você vai descobrir como um computador não tão popular, consegue agradar a muitos gamers.


De onde é a Avell

A Avell é uma empresa brasileira, com sede na cidade de Joinville, Santa Catarina. Começou suas atividades no ano 2000, com foco somente em notebooks de alto desempenho, preparados exclusivamente para games e softwares profissionais, como edição de fotos, vídeos e Auto CAD.

Apresentada a empresa, vamos ao review do notebook gamer modelo G1550 Fox. Vale informar que os notebooks podem ter diversas configurações, já que a empresa permite customizar os componentes e também escolher ter o Windows 10 instalado ou não. Portanto, o preço varia bastante para cada modelo. 

Notebook Avell G1550 Fox: design e acabamento

Este notebook tem chassi feito em alumínio, na cor grafite. Achei uma ótima escolha, porque além de leve, é uma material resistente. E suas dimensões, assim como o peso, chamam a atenção para um notebook gamer, pois ele é compacto: são 35,9cm de largura por 23,6cm de profundidade e apenas 1,99cm de espessura, quando a tampa está fechada.

O peso é de apenas dois quilos. Para um notebook gamer, isso é muito interessante, pois portáteis dessa categoria ultrapassam facilmente 2,5 Kg e com dimensões maiores.

Portanto, transportar o G1550 Fox é bastante confortável, considerando que é um modelo gamer. O segredo do tamanho é que a Avell manteve as bordas finas, tanto na parte do teclado, quando as bordas da tela, que tem apenas 5 milímetros nas laterais e 8mm na borda superior.

E as teclas não ficam apertadas, portanto, elas têm área de sobra para oferecer uma experiência de digitação confortável. Houve até mesmo espaço para o teclado numérico.

Reprodução

O teclado é mecânico, algo muito importante para jogos, pois isso assegura maior resistência e maior precisão, pois cada tecla tem um switch independente, o mecanismo que envia o sinal elétrico para a CPU.

Reprodução

O teclado tem retroiluminação RGB, o que siginifica que o usuário pode customizar cada tecla como quiser. É bom para jogos de RPG, onde há muitos comandos

E como todo notebook gamer, o G1550 fox também tem retroiluminação nas teclas, porém, neste caso, é RGB, o que mostra que cada tecla ou conjunto de teclas podem ser configuradas com cores diferentes.

Isso é feito por meio do software Gaming Center, da Avell, e as cores e cada tecla podem ser customizadas de acordo com o gosto do usuário.

Reprodução

Outro exemplo do teclado iluminado com apenas uma cor

Notebook Avell G1550 Fox: tela de 144 Hz

A tela do G1550 Fox é de 15,5 polegadas, com tecnologia LCD IPS e resolução full HD (1920 x 1080). O diferencial dela é que usa a frequência de 144 Hz, ao invés de 60 Hz, como nas telas tradicionais. Essa frequência ajuda a não ter o efeito de flicker, no qual as cenas de ações acabam tendo um corte na montagem dos pixels. Com essa frequência alta, a tela é ‘desenhada’ mais rapidamente e as cenas ficam perffeitas.

Notebook Avell G1550 Fox: refrigeração merece um destaque

Na parte de baixo, esse portátil possui um sistema de refrigeração com dois coolers (ventoinhas), quatro saídas de ar e uma malha metálica. Essas características ajudam a dissipar o calor gerado pela CPU e GPU (processador gráfico). E quando um jogo está em sua máxima ação e com gráficos no máximo, podemos ouvir os coolers zunindo a toda potência para jogar o ar quente para fora.

Notei que o posicionamento dos coolers e componentes eletrônicos ficam todos longe da base do teclado, o que é uma solução ótima, pois, mesmo com o chassi esquentando perto das teclas superiores, o apoio para os punhos não esquentam.

Reprodução

A única parte que incomodou um pouco é que as ventoinhas fazem bastante barulho quando na potência máxima. Esse é o preço de manter dimensões pequenas em um notebook muito potente. Mas os componentes ficam seguros dessa forma, garantindo não travar os jogos, mesmo que por longo período de tempo.

Notebook Avell G1550 Fox: configuração, desempenho e recursos

Falar em alto desempenho para esse notebook é eufemismo. Essa máquina é um avião supersônico. A configuração é composta por um processador Intel Core i7-8750H Coffee Lake (8ª geração), com 16 GB Memória RAM DDR4 (2400 MHZ) e com armazenamento tipo SSD M.2 de 256 GB.

O sistema instalado é o Windows 10 Home. Mas ainda há um truque na manga: entre a memória RAM e o SSD ainda há outro tipo de tecnologia de memória, chamada Optane, da Intel.

Essa memória Optane não é RAM e não é um SSD. Ela é uma solução de aceleração de sistema para as novas plataformas baseadas na 7ª geração de processador Intel Core ou mais recentes. Resumindo, ela armazena os dados e programas mais utilizados, apenas o núcleo deles, e assim o sistema acessa essas informações mais rapidamente, o que aumenta a agilidade geral do sistema.

Reprodução

Notebook Avell G1550 Fox rodando Resident Evil 2 Biohazard

Neste notebook, com a memória Optane, o Windows, por exemplo, carrega em apenas 15 segundos (com todos os programas da bandeja inicializados). O Photoshop pode ser carregado, junto com uma imagem grande, em formato RAW, por exemplo, que pode ter mais de 30 MB de tamanho, em apenas 10 segundos.

E isso também acontece com jogos. A carga de um jogo grande, como Battlefield V, levou 30 segundos para ser iniciado. E entre as fases, a carga também é muito rápida. Resident Evil 2 Biohazard, um jogo bem recente, levou 40 segundos para carregar e ele ainda tem algumas opções para clicar antes da carga.

Desempenho em jogos

Esse notebook usa um chip gráfico da Nvidia, o GTX 1060, com 6GB de memória dedicada. Resident Evil 2 Biohazard teve suas configurações gráficas quase no máximo, tirando apenas o detalhe de sombras e iluminação, para ficar o mais fluido possível. Nessa configuração, o desempenho variava entre 56 fps (frames por segundo) até 89 fps.

Reprodução

Notebook Avell G1550 Fox rodando Wolfestein II, the new colossus

Em Battlefield V, com gráficos também no máximo, só retirando alguns pontos de antisserrilhamento, o desempenho ficava em torno de 52 a 73 fps. Também instalei Wolfestein II, the new colossus, e esse, com gráficos no máximo, variava entre 55 fps a 90 fps, dependendo da quantidade de objetos e ação na tela.

Reprodução

Notebook Avell G1550 Fox rodando Battlefield V

Notebook Avell G1550 Fox: conectividade

Outro ponto que está bem servido: são duas USBs 3.0 no lado direito e um leitor de cartão tipo SD. No lado esquerdo há uma USB 2.0, uma entrada para microfone, uma saída para fone de ouvido, ambos P2, e um conector para rede cabeada padrão Gigabit. Na parte de trás há uma saída HDMI, uma USB tipo C e duas mini-Display Port.

Reprodução

Notebook Avell G1550 Fox: duração de bateria

Esse foi o único item que o Avell pecou. Notebooks para jogos realmente não costumam ter boa duração de bateria, mas no caso desse modelo, não consegui passar de 2 horas e 20 minutos, mesmo rodando apenas softwares básicos e acessando internet via Wi-Fi.

Dexei o brilho da tela pela metade e olhei as configurações de bateria, que estavam no modo equilibrado, do Windows 10. Não há nenhuma outra configuração especial ou software de gerenciamento, portanto, estava tudo dentro da normalidade de notebooks comuns.

Notebook Avell G1550 Fox: conclusão

Sem dúvida nenhuma, o Avell G1550 fox é rápido como um avião. O hardware tem potência de sobra para suportar os jogos mais pesados e, o armazenamento SSD somado com a memória Optane, faz dele uma das máquinas mais rápidas que estão disponíveis no mercado brasileiro.

A experiência de usar um notebook super poderoso é sempre ótima, com programas e jogos sendo executados com desempenho máximo e sem demora também para alternar entre tarefas. Qualquer tarefa é rápida para ser executada nele.

O teclado também é super confortável, além de ser totalmente retroiluminado RGB, com cores independentes para cada tecla, e o usuário pode configurar a vontade. As ventoinhas fazem um barulho excessivo quando estão em máxima performance, mas isso é consequência do notebook ter dimensões reduzidas e não há espaço para um sistema de arrefecimento mais silencioso. Apesar do barulho, o resfriamento é eficiente: mesmo jogando por várias horas, não houve nenhum travamento ou qualquer outro problema no notebook.

Outro detalhe é que esta versão vem com SSD M.2 de 256 GB, o que pode ser pouco para jogos, mas este notebook tem opção para instalar mais um HD.


Notebooks review avell notebook gamer
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você