Smarty

Review do Smarty: set-top-box brasileiro de qualidade com Android TV

Alvaro Scola, editado por Valdir Ribeiro Jr. 02/06/2019 16h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Produto feito no Brasil transforma televisões antigas em Smart TV rodando o Android e o sistema do Chromecast

As Smart TVs se popularizaram bastante nos últimos tempos oferecendo aplicativos e acesso a conteúdo da internet para a sala de muitas pessoas. Por sua vez, quem ainda não tem um aparelho deste tipo precisa recorrer a opções para poder, por exemplo, assistir uma série ou filme na Netflix.


Destinado para quem não possui uma televisão deste tipo, surge o Smarty da Elsys, um set-top-box brasileiro que roda o Android TV e lhe dá acesso a aplicativos e outros conteúdos. O Olhar Digital teve acesso a uma unidade deste aparelho e traz as suas impressões a seguir. Confira.

Design e acabamento

O Smarty é um aparelho bem pequeno, mas ligeiramente maior que o Chromecast deve ser conectado diretamente a entrada HDMI da TV. O seu acabamento é feito todo em plástico na cor preta, mas é bem bonito e dá a impressão de ser bem resistente.

Reprodução

No corpo do aparelho só está presente um cabo HDMI, que fica preso a ele e uma entrada micro USB, que é usada para conectá-lo em sua fonte. Diferente do que acontece no Chromecast, o Smarty não pode ser alimentado usando uma porta USB da televisão, algo normal devido a ele ter um processador próprio e capaz de rodar o Android.

Uma coisa que pode enganar é em relação ao seu cabo HDMI, que pode parecer que deixará o aparelho pendurado em um primeiro momento. Em meus testes, felizmente, o fato do cabo HDMI do Smarty ser curto e rígido o deixou instalado bem em minha televisão, sem que alguém percebesse que ele estivesse conectado. É claro, que esta experiência pode variar conforme a posição das entradas HDMI de sua TV.

Reprodução

Já para dar comandos ao aparelho, está presente um controle remoto, que também apresenta um ótimo acabamento. Nele estão presentes alguns atalhos bem úteis, que podem ser utilizados para abrir o Google Assistente, a Globoplay e o Netflix.

Reprodução

Ainda no controle remoto também está presente o microfone para dar comandos ao Google Assistente e alguns botões para controlar ações próprias do Android.

Especificações

No que diz respeito a parte técnica, o Smarty traz um processador Amlogic S805X, 1 GB de memória RAM e 8 GB de espaço para armazenamento. Já para as conexões, o aparelho é capaz de se conectar a redes Wi-Fi de frequências de 2,4 GHz, além de trazer o Bluetooth para ser pareado com outros dispositivos.

O seu sistema é o Android 8.0 TV (Oreo) e ele vem com poucos aplicativos pré-instalados, que são a Netflix, Globoplay e o YouTube. Além deles, também está presente um reprodutor de vídeos e um explorador de arquivos locais, o que é um pouco estranho, uma vez que o Smarty não traz nenhuma porta USB ou entrada para cartões micro SD, o que dificulta a transferência de arquivos para ele.

Mais um ponto acertado pela Elsys, a fabricante do aparelho, fica na parte de resfriamento do Smarty. Mesmo após horas de uso, o Smarty praticamente não esquenta, algo que é importante para que ele continue a funcionar bem e sem ter travamentos.

Configuração inicial e desempenho

Assim como qualquer celular ou outro dispositivo que use o sistema Android, ao ligar o Smarty pela primeira vez é necessário fazer a configuração de uma conta do Google nele. Além disto, ainda nesta parte, também existe uma etapa menor que serve para configurar o nome de seu Chromecast e em que cômodo ele está sendo instalado. Esta etapa inicial, felizmente, leva pouco minutos para ser feita, mas é preciso frisar que digitar em um teclado virtual com seu controle remoto não é uma experiência muito agradável.

Reprodução

Na prática, o Smarty traz um desempenho aceitável, mas que as vezes tem lentidões pontuais no sistema. Por exemplo, ao acabar de instalar um aplicativo, ele demorará para ser aberto, mas posteriormente, por ficar guardado na memória, ele abrirá rapidamente. Esta mesma demora também pode ser vista no carregamento inicial de um vídeo, ou seja, nos primeiros segundos de um streaming, o aparelho demora até estabilizar a qualidade de reprodução.

Reprodução

Já na parte mais importante, que diz respeito a reprodução de vídeos, não tem como reclamar do Smarty. Em testes realizados no YouTube, Netflix e Google Play, o aparelho conseguiu reproduzir conteúdos na resolução Full HD (1080p) sem apresentar nenhum problema de travamento ou lentidão, exceto nos momentos iniciais conforme foi explicado acima.

Se o seu interesse fica para aplicativos a serem instalados, a boa notícia é que o aparelho está bem otimizado e tem muitos programas que são compatíveis na Google Play. Em um teste rápido, por exemplo, foi possível encontrar apps famosos como o VLC, Amazon Prime Video, Deezer e outros. Felizmente, o desempenho deles também foi bem satisfatório com pequenas lentidões, mas que não comprometeram a experiência.

Assim como foi dito no começo do texto, outro destaque do Smarty fica por ter o recurso do Chromecast integrado. Desta forma, é possível controlar o aparelho pelo seu smartphone com o aplicativo do Google Home ou utilizando o navegador Chrome em algum PC. Nesta parte, o desempenho do Smarty é exatamente o mesmo do Chromecast, ou seja, ele consegue reproduzir conteúdos a partir de outros dispositivos sem ter a sua qualidade comprometida, dependendo apenas de uma boa conexão Wi-Fi.

Por fim, ainda na questão de desempenho, é preciso afirmar que o Smarty consegue ser iniciado de maneira extremamente rápida. Recentemente, o Olhar Digital fez o teste de algumas televisões com o sistema Android e o tempo de carregamento do sistema delas, que é o mesmo do Smarty, acabava demorando bastante.

Preço e disponibilidade

O Smarty foi lançado no início deste mês pela empresa ELSYS e está à venda em seu site oficial por R$399,00.

Conclusão

O Smarty se demonstra um ótimo aparelho para transformar televisões antigas em Smart TVs. O fato dele trazer o Android TV ao invés do Android puro, também se mostra um acerto, uma vez que fazer ações nele com o controle remoto é simples, exceto para digitar.

Já nos contras é necessário dizer que uma entrada USB em um dispositivo com o Android TV é bem importante, já que muitas pessoas gostam de reproduzir conteúdos de alta qualidade através de um HD externo ou pendrive. Além disto, o fato de só ter 1 GB de memória RAM as vezes traz certas lentidões, mas que não comprometem a experiência geral.

Dessa forma, é possível dizer ainda que o Smarty é sim uma opção válida para quem procura dar uma nova vida a aparelhos de televisão mais antigos. Isto, é claro, por conta de conseguir unir em um aparelho só o Android e o Chromecast juntos, podendo ser utilizado tanto com um controle remoto quanto por um celular.

Ficou interessado no produto? O aparelho avaliado nesse texto pode ser comprado na loja virtual do Olhar Digital, desenvolvida em parceria com o Magazine Luiza. Embora o Olhar Digital possa receber uma comissão nas vendas da loja virtual, a parceria com o Magazine Luiza não tem influência alguma sobre o conteúdo editorial publicado. Além disso, a disponibilidade do produto e o preço cobrado são de responsabilidade do Magazine Luiza.


Set-top box review Smart TV reviews
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você