Steven Spielberg

Spielberg planeja série de terror que só pode ser vista no escuro

Redação Olhar Digital 10/06/2019 22h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O novo projeto será disponibilizado na plataforma de streaming Quibi, prevista para ser lançada em 2020

Steven Spielberg, é um dos diretores mais conhecidos de Hollywood. Apesar de possuir quatro décadas de carreira e quase 90 filmes assinados, ainda assim, o veterano conseguiu criar algo surpreendente e único: uma série de terror que só poderá ser vista à noite.

Intitulada “Spielberg’s After Dark”, o seriado estará disponível exclusivamente no Quibi (diminutivo de “Quick Bites”), uma plataforma para postar vídeos curtos, que foi desenvolvida por Jeffrey Katzenberg, ex-executivo da Disney e ex-CEO da Dreamworks, e a ex-CEO da HP, Meg Whitman. Spielberg pretende criar de 10 a 12 episódios, com não mais de 10 minutos, e até agora, já escreveu “cinco ou seis episódios”, de acordo com Katzenberg em entrevista dada à Variety, no Banff World Media Festival, que aconteceu no último domingo, 8, no Canadá.

Como a ideia é que o telespectador só possa assistir a série quando estiver escuro, a equipe de engenharia da Quibi precisou pensar em um formato inovador. Para precisar o horário exato do dia, o relógio interno do próprio aparelho será utilizado e o usuário terá acesso a uma espécie de cronometro, que surgirá na tela informando quanto tempo falta para o sol se pôr, e quando ele estiver zerado, o episódio fica disponível.

O diretor de diversos sucessos de crítica e bilheteria, como “E.T- O Extraterrestre” (1982), “A Lista de Schindler” (1993) e “O Resgate do Soldado Ryan” (1998), surge agora como o escritor de um roteiro inovador. Katzenberg disse à Variety “Steven Spielberg chegou e disse ‘Tenho uma história super assustadora que eu quero fazer.’” e continuou “Ele mesmo está escrevendo. Ele não estava [escrevendo nada a algum tempo], então vê-lo escrevendo algo é fantástico”, explicou o empresário.

“Splielberg’s After Dark” é apenas uma das muitas novas atrações que Quibi anunciou. Projetaram oito produções “super premium”, que são filmes curtos, e mais algumas produções de alto nível. O objetivo é ter 125 novas peças por semana e cerca de 7.000 em um ano nessas categorias. 

Katzenberg e Whitman levantaram US$ 1 bilhão para criar o Quibi. A ideia é que ele seja mais parecido com o YouTube, mas com vídeos gravados por profissionais, e não uma plataforma de séries e filmes longos.

“O que Quibi está fazendo não é exatamente um formato-curto", disse Katzenberg. "Estamos juntando ciências. Capítulos ou intervalos de 7 a 10 minutos. Eles são especificamente filmados para serem assistidos em qualquer lugar. Se você tem 25 a 35 anos, quando você percebe, está em um smartphone a mais de cinco horas.”

Quibi está programado para ser lançado no dia 06 de abril de 2020, nos Estados Unidos. A versão com anúncio vai custar US$ 5 por mês e a versão sem anúncio, US$ 8.

Vídeo Streaming séries
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você