Tela danificada Galaxy Fold

Unidades de teste do Galaxy Fold apresentam problemas com apenas 1 dia de uso

Redação Olhar Digital 17/04/2019 18h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Quatro especialistas em tecnologia relataram problemas com a tela flexível, seu desempenho, resistência e uma camada de proteção que não deveria ter sido removida

O jornalista Dieter Bohn, do The Verge, compartilhou os problemas que apareceram em sua unidade para review do Galaxy Fold. O smartphone apresentou um bug na tela, que já distorce a imagem projetada. Bohn relatou que conseguia senti-la com o dedo. “Há algo pressionando a tela na dobradiça (...). Meu palpite é que é um pedaço de detrito, algo mais duro que fiapos, com certeza. É possível que seja outra coisa, como a própria dobradiça de uma unidade defeituosa que está pressionando a tela”.


A protuberância forçou a tela a ponto de danificar o OLED, como mostram as imagens abaixo.

Reprodução

De acordo com o jornalista, o mau uso definitivamente não foi a causa do dano. Ele admitiu que, para fazer filmagens com o aparelho, colocou um pedacinho de argila na parte traseira. Não é impossível que uma parte minúscula do material tenha entrado no celular e se alojado entre a tela e a dobradiça ou em outro lugar. Mas, talvez, pedaços da própria dobradiça tenham se soltado e causado estrago. Fato é que o dispositivo está quebrado após dois dias de uso que, de acordo com o usuário, foram normais.  

Dieter afirmou ainda que é totalmente possível ver o vinco, principalmente com o display apagado. Durante o uso, no entanto, a marca fica quase imperceptível. Sobre marcas e arranhados na tela em geral, que é de plástico, o dispositivo do jornalista adquiriu alguns ao longo do uso.

Reprodução

Bohn entrou em contato com a Samsung imediatamente para obter uma declaração. A empresa não se pronunciou, mas substituiu a unidade.

Fato é que o jornalista não foi o único sortudo. Steve Kovach, editor de tecnologia da CBN, teve problemas com a tela:

Mark Gurman, da Bloomberg, passou por uma situação diferente. Ele achou que havia um película de proteção e a retirou. A (péssima) surpresa veio quando descobriu que não, não se tratava de uma proteção, inutilizando parte da tela e, portanto, não deveria ter sido removida. Eles escreveu que sua unidade estava “completamente quebrada e inutilizável”.

Um dos mais populares influenciadores de tecnologia dos EUA, Marques "MKBHD" Brownlee, cometeu o mesmo erro:

E considerando que todos os personagens citados têm muita familiaridade com tecnologia, para ambos decidirem retirar a suposta proteção, essa parte da tela, realmente, deve parecer uma película descartável e sua remoção, fácil. E se com eles aconteceu isso, imaginem o que pode ocorrer com o consumidor comum, que pagará caro por uma unidade do Galaxy Fold. 

Com a palavra, a Samsung. 

Samsung Tela Flexível galaxy fold
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você