Saiba como os aplicativos do Windows vão funcionar em Chromebooks

Em parceria com a Parallels, Google pretende tornar seus notebooks mais atraentes para as empresas;

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 06/08/2020 20h12
Chromebook rodando Windows
A A A

Desde o início do ano, o Google planeja oferecer suporte de aplicativos do Windows nos Chromebooks, por meio de uma parceria com a Parallels. Agora, em entrevista ao The Verge, o responsável pelo projeto Cyrus Mistry, explicou como os apps vão funcionar em conjunto ao Chrome OS.


Segundo Mistry, com a nova estratégia, o Google quer estar presente ainda mais no futuro das empresas, proporcionando um uso mais simplificado e seguro dos Chromebooks. A ideia é que as companhias, futuramente, tenham os Chromebooks como alternativas para seus funcionários, sem precisar de soluções ou gambiarras para utilizar funcionalidades do Windows nas máquinas do Google. 

Para tornar a experiência melhor para o usuário, o Parallels Desktop inicializa uma cópia do Windows, fazendo com que o sistema operacional da Microsoft fique lado a lado com os aplicativos do Windows e Android.

Entretanto, no futuro, a ideia é que os usuários apenas selecionem os arquivos que forem necessários para o uso, por meio do Coherence da Parallels, recurso que a Apple utiliza há algum tempo no sistema operacional MacOS. Com o Parallels Desktop rodando em paralelo com o Mac OS, é possível executar aplicativos do Windows como se fossem nativos do sistema, por exemplo.

O Google já vinha estudando formas de conseguir promover esse tipo de serviço aos usuários há algum tempo e chegou considerar a hipótese de uma inicialização dupla. No entanto, essa opção foi descartada por questões de segurança, uma das principais características do Chrome OS. Segundo Mistry, abandonar a segurança do BIOS do Chromebook, firmware e do processo de inicialização não era uma opção.

laptop8064fe55f8e9ae3a.jpg

O Chromebook é um computador exacutado pelo sistema Chrome OS que começou a ser produzido em 2011. Créditos: 9to5Google

Nova perspectiva e evolução da linha

Apesar dos avanços obtidos pelo Google, a escolha pelo uso exclusivo dos aplicativos móveis no Chrome OS não foi bem aceita. Agora, com a parceria com a Parallels, a expectativa, segundo Mistry, é fazer com que os Chromebooks sejam mais atraentes quando o assunto é produtividade. 

De acordo com Mistry o Parallels Desktop chega aos Chromebook ainda este ano, mas ainda não há expectativa de preços ou data de lançamento. Além disso, a empresa não divulgou as especificações mínimas exatas para os laptops conseguirem rodas o Parallels.

A única coisa que Mistry afirma é que as empresas precisaram de Chromebooks relativamente modernos. No entanto, o Google lançou uma página de interesse no dia 31 de julho, para as empresas que quiserem contratar os serviços do Parallels Desktop ainda este ano. 

Via: The Verge

Google Apple Chrome OS Chromebook parallels
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você