O Buscapé quer comprar sua startup

VP de desenvolvimento de negócios da companhia diz que eles estão de olho no mercado e dá dicas para quem quer emplacar uma nova ideia

Stephanie Kohn 01/08/2013 13h30
Buscapé
A A A
 

Quais destes serviços foram desenvolvidos pelo Buscapé e quais foram adquiridos?

O Bondfaro era competidor do Buscapé e foi comprado. O ShopCliq e o SaveMe foram aquisições, sendo que este último era conhecido como Zip.me. Já a tecnologia do BCash foi adquirida em 2008 e lançada com algumas novidades em setembro de 2012, e o Recomind e o Moda It foram comprados por inteiro pelo Buscapé. O Hotmart, Cuponeria, Resolva.me, Meu Carrinho e Urbanizo vieram do programa 'Sua ideia vale um milhão'. Ainda temos mais startups e tecnologias em casa, mas que ainda não foram lançadas.

Para conseguir todas estas tecnologias e ferramentas, temos uma equipe focada nisso. Fizemos seis aquisições em cinco anos e todas foram encontradas pela equipe de M&A [merge and acquisitions]. Mas também contamos com 600 engenheiros que desenvolvem novas ferramentas.

E que tipo de empresa ou tecnologia vocês estão procurando agora?

O mundo é móvel hoje em dia e não poderíamos pensar em outra coisa. A internet está saindo do computador e indo para outros lugares. Temos de ter dinamismo para aproveitar estas mudanças. O futuro pode estar na TV, nos sistemas operacionais, como o Windows 8, nas redes sociais, mas tudo na forma de aplicativos, então, estamos olhando para isso.

Dê dicas para quem quer lançar um negócio, especialmente para quem quer participar do programa ‘Sua ideia vale um milhão’. Conte também como vocês trabalham com as empresas adquiridas.

Acredito que ter um bom time é o começo de tudo. Claro que a ideia deve ser boa, mas se a equipe for excelente pode até errar algumas vezes que não haverá problema. Aqui dentro nós ajudamos a ‘pivotar’ [trocar de projeto] ideas que não são tão promissoras. Um time comprometido, disciplinado e que funcione como um organismo completo, com programador, comunicador e comercial, não tem como dar errado.

O Recomind é um exemplo. A equipe era tão boa que a primeira ideia não vingou, mas nós ficamos com eles mesmo assim pois sabíamos que ao pivotar seria fácil alcançar o sucesso com aquela turma.

Acho que o Buscapé analisa mais o empreendedor do que a ideia em si. Aqui eles ganham um prolabore mais baixo e se tornam sócios da companhia. Em três anos eles podem vender parte do que têm e em cinco podem negociar a totalidade do que dispõem. Mas são poucas as pessoas que fazem isso. Já tivemos casos de empreendedores que viraram executivos da empresa e o contrário também já aconteceu. Depende do perfil de cada um.

Ao trazer o empreendedorismo para dentro da empresa, com boas ideias e pessoas capazes, é possível inovar o modelo de negócios e os serviços o tempo todo. Com esta estratégia nós criamos um ecossistema para vencer e que é bem mais difícil de ser derrubado.

Se você quiser participar do programa ‘Sua ideia vale um milhão’, vá até o site oficial do projeto.

Carreira Brasil Negócios Mobilidade startup Empreendedorismo
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você